Cabeçalho 2

domingo, 28 de dezembro de 2014

Finalizando 2014

É legal falar da importância da mudança de ano pois nesse tipo de passagem existe uma energia muito grande e junto o ato simbólico de renovação, de morte do velho e nascimento do novo, logo não é só uma época boa dar início a coisas novas, mas também para acabar com as velhas. Obviamente é uma questão de força de vontade também, afinal muita gente diz que quer mudar de todo fim de ano, mas continua na mesma depois.

Death

2014 foi um ano que o blog ficou abandonado, o motivo é simples, meu tempo todo foi ocupado pelo profissional e o tempo que sobrava eu me dedicava para a prática e estudo, com tudo isso, esse foi um ano da qual eu pude renovar algumas ideias e conceitos e essa atenção muito voltada para mim resultou na falta de atenção ao blog, que mesmo quando tinha tempo não conseguia escrever nada......bom, já falei disso tudo no post de 1.000.000 de acessos.

Para 2014, vou dar continuidade a desenvolver as coisas novas que aprendi, além é claro de conseguir me dedicar melhor ao blog e se possível, conseguir trazer meus novos aprendizados aqui.

Ficam aqui meus agradecimentos a todos que visitaram o blog, comentaram, leram, curtiram a página no Facebook, mandaram e-mails e etc.

Desejo para todos um 2015 repleto de Sabedoria, Paz Interior e Felicidade!

domingo, 21 de dezembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 7 e 8

Esse é artigo com referências do sétimo e oitavo episódio de Constantine, se você não leu os artigos anteriores basta clicar nos links:   e .


No começo do episódio John escuta o pastor falando em Enochiano, que por ele é chamado de língua dos anjos. A história da linguagem enochiana começou no final do século XVI quando Edward Kelly por meio de uma bola de cristal recebia informações de espíritos juntamente com o auxilio de John Dee fazendo as anotações dos espíritos que diziam serem os mesmo anjos que auxiliaram o personagem bíblico Enoque, por isso o nome de "Anjos Enochianos". A partir das comunicações, foi criado um alfabeto com diversas correspondências.

Alfabeto Enochiano
Alfabeto Enochiano
John Dee e Edward Kelly


A Murta é uma planta foi usada em diversos rituais no mundo e dentro na medicina em diversos países, para os gregos a planta era relacionada a Afrodite e Deméter. Mas o motivo de John usar a Murta na evocação do anjo é provavelmente devido a se acreditar que a Murta contém o perfume do Éden.




No episódio 8 escutamos falar de uma criatura chamada Invunche, John diz que eles eram criaturas muito próximas aos anjos, e que todos morreram durante o grande dilúvio. Na lenda real o Invunche também chamado Inbunche é um ser folclórico do arquipélago Chiloé, que fica ao sul do Chile.

O Invunche seria uma criatura que guardava as cavernas e eram serviçais dos Brujos , nome dados aos feiticeiros daquela região, o Brujo roubava  ou comprava um primogênito com poucos dias de vida e o transformava um invunche quebrando sua perna direita e a torcendo sobre as costas, depois passando um creme para nascer pelos grossos nelas, também cortava a língua para ficar com a aparência de uma língua de cobra. A criança era alimentada com leite de gato preto e conforme ia crescendo era alimentada com carne de crianças e depois de adultos.

Arte de Genzoman
A Bilocação, que foi o fenômeno que Anne Marie produziu é a capacidade de estar em dois lugares ao mesmo tempo, como John disse que é o domínio de alguns santos, exemplo disso são lendas por exemplo sobre Santo Antônio e até o médium Eurípedes Barsanulfo, porém, os relatos dizem que ambos os "corpos" podiam interagir com as pessoas ao mesmo tempo, já no caso apresentado na série, está mais para uma projeção de corpo espiritual semi-materializado.

Enquanto Zed explora a fortaleza paranormal, encontra várias portas com um símbolo entalhado, o símbolo é uma variação do símbolo de Saturno .
Como vocês podem ver, essa variante do símbolo lembra muito uma foice de cabo longo, isso não é por acaso, a lenda conta que Saturno com a foice que recebeu de Gaia castrou seu pai Urano, se tornando o novo o novo governante supremo e como um ciclo mais tarde perdeu o posto para seu filho Júpiter.

A foice simboliza a colheita, e a vinda de novos ciclos, muitas vezes as mudanças não muito fáceis, o ato de "cortar" o que é velho para a vinda do novo.

Símbolo de Saturno

Quando John interroga a freira perguntando qual era o nome dela cita os nomes: Lilith, Durgia, Naamah ou Lamashtu.

Lilith: deusa da mitologia mesopotâmica.

Durgia sem personagens mitológicos com esse nome.

Naamah citada apenas uma vez na bíblia e tida apenas como uma humana comum e descendente de Caim.

E Lamashtu da mitologia suméria dita como uma deusa/demônio que atacava mulheres durante o parto e se alimentava de bebês, além de trazer outros diversos males e pragas.

John entrega para Anne Marie um amuleto de Pazuzu, o demônio dos ventos do sudoeste, apesar de ser um demônio e trazer com eles pestes, era tido como inimigo de Lamashtu, seu amuleto era usado por grávidas e um ritual de oferendas de alimentos era feito para ele quando crianças estavam com febre e acreditavam que era devido a Lamashtu, leiam mais sobre Pazuzu aqui.

Pazuzu

sábado, 13 de dezembro de 2014

Fotamecus

Não lembro bem quando foi a primeira vez que escutei falar sobre o Fotamecus, mas sei que ele é um servidor muito conhecido, mas antes de mais nada é um exemplo de como o a criação de um servidor pode ser fora dos padrões que geralmente aprendemos pela internet.

Eu não vou pegar os textos que contam exatamente a história do Fotamecus, por preguiça minha pois vocês podem encontrar facilmente pela internet, vou dizer mais sobre algumas impressões minhas sobre esse servidor.

O Fotamecus é um sigilo/servidor/entidade que atua na "manipulação de tempo", que foi criado por um grupo de magistas do caos e após verem que o sigilo funcionava muito bem, transformaram ele em um servidor.

Você pode usar ele pra Comprimir ou para Expandir o tempo. Apesar do que é dito, eu não posso dizer que ele muda o tempo, pois isso seria impossível, ainda mais que no mesmo momento você  pode estar utilizando ele para Comprimir o tempo, outra pessoa pode estar usando para Expandir, o que não seria possível se estamos falando de mudar o tempo propriamente dito, o que ocorre é que a nossa percepção de tempo é manipulada, o servidor sempre vai procurar a forma mais simples de trazer o resultado e é assim que o servidor do tempo trabalhou para criar os efeitos que da qual ele foi criado.

Faz uns anos eu tirei cartas para saber mais sobre o Fotamecus, as cartas mostram antes de mais nada que o servidor aparece como algo ou alguém que faz todo seu trabalho com sucesso e talvez seja mais evocado do que eu pensei.

Fotamecus

Uma outra carta mostra algo que me pareceu estranho na época, uma multiplicidade de caminhos que ele pode seguir, isso mostra que ele é um servidor que se multiplica, por isso consegue atender toda sua demanda.

A última carta que tirei por "coincidência" foi a mesma que caiu quando tirei cartas para o sigilo Ellis, mostrando que ele estava bem materializado e forte no astral, além disso bem "poderoso" dentro de suas funções.

Em mais uma tirada, as cartas disseram claramente que ele conseguia resolver várias questões ao mesmo tempo, de diferentes níveis e formas de pensar. Acredito que algumas pessoas criaram uma intimidade com o Fotamecus e desenvolveram técnicas mais complexas envolvendo ele.
Na última tirada algo interessante foi dito, ele de alguma forma já tem sua bateria de energia que utiliza, isso é interessante pelo fato que muitas pessoas acabam sendo vampirizadas ou necessitam ofertar algum tipo de energia para seus servidores, já com o Fotamecus não, embora acredite que assim mesmo algumas pessoas de alguma forma ofertam energia para ele. Outra coisa legal é que ele apresenta um "prazer" no trabalho que faz, embora de alguma forma possa decidir se vai ajudar a pessoa ou não. Isso é um fato interessante, pois desempenhar uma tarefa simples para o servidor pode ter mais sucesso, do que um servidor que parece ser um canivete suíço.


Esse é um pequeno resumo da forma de trabalhar com o servidor:


  1. Estenda seu dedo indicador, enquanto isso visualize uma luz saindo do seu chacra frontal, e chegando ao seu dedo, com ele irradiado pela energia, você vai desenhar no ar, ou em algum outro lugar o sigilo do Fotamecus, que é o primeiro desenho do texto.
  2. Após o sigilo estar já "fixo" onde você o desenhou, você vai precisar energizar ele, a quantidade de energia deve ser enviada de acordo com o trabalho, nesse momento você já pode colocar a intenção do tempo ser comprimido ou expandido.
  3. Não é dito o motivo, mas nas primeiras instruções é dito para se balancear os pedidos, se você pediu para o tempo expandir em determinado momento, procure comprimir em outro, você também pode mandar o servidor passar a vez da expansão ou compressão de tempo para outro servidor da cadeia, assim ficaria tudo balanceado.

Não é necessário seguir o método a risca, depois que você conhecer melhor seu servidor, você pode adaptar da forma que achar melhor a técnica.

domingo, 7 de dezembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 6

Esse é artigo com referências do sexto episódio de Constantine, se você não leu os artigos anteriores basta clicar nos links:   e .

Apesar do episódio 6 ter sido bem fraco, consegui apegar algumas referências.

John fala para Chess sobre as Linhas Ley, dizendo que as "Linhas Ley são uma ferrovia psíquica", segundo estudiosos o fluxo de energia que corre por essas linhas é responsável não só por efeitos "paranormais", mas também foi responsável desenvolvimento de grandes capitais no decorrer da história, além dos grandes monumentos, centros religiosos e etc.

Linhas Ley





No primeiro episódio eu mostrei algumas entalhações na estante do Forte Sobrenatural, infelizmente não consegui pegar uma imagem de qualidade, mas agora é possível ver melhor entalhações dos símbolos alquímicos lá.

Também existem novos detalhes, de um lado, podemos ver um Ankh (existe um texto completo sobre o símbolo aqui) e também uma estátua do deus egípcio Hórus em sua forma de falcão.

Do outro lado, podemos ver uma estátua de deusa Kali, temos um texto sobre ela aqui.

Estante do Forte Sobrenatural

John tira da caixa um turíbulo e diz que precisa de Franquincenso, esse é um dos nomes do Olíbano, resina da árvore que quando seca é usada em defumação.

Ao contrário do que é dito ele não "foge do mal", é usado para limpeza energética de ambiente e foi comumente usado em igrejas. Na bíblia, foi presente dos reis magos na bíblia. Era muito valorizado pelos romanos e era tido como remédio por médicos antigos também.

domingo, 30 de novembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 5

Esse é artigo com referências ocultistas do quinto episódio, de Constantine, se você não leu os artigos anteriores basta clicar nos links:   e .

O episódio começa mostrando Nova Orleans, Louisiana, é a terra da religião afro-americana chamada Voodoo, que deu origem a alguns filmes que existem hoje.

Voodoo, Nova Orleans




O quinto episódio tem como referência 3 lendas urbanas, a primeira é a lenda de Kuchisake-onna (口裂け女) que é uma lenda urbana japonesa que nasceu por volta dos anos 70, fala de uma mulher com máscara que pergunta as pessoas (geralmente jovens saindo da escola), se ela é bonita, se a resposta for positiva, ela tira a máscara e pergunta se ela ainda é bonita, se a resposta for não, ela iria matar a pessoa com uma foice, faca ou tesoura. Se a resposta ainda fosse sim, ela ainda mataria a pessoa (se não me falha a memória, ela responderia que é mentira antes de matar a pessoa). A única maneira se sair vivo, seria enganar ela com uma resposta ou pergunta sem sentido e fugir enquanto ela está confusa.

Kuchisake-onna

A lenda do rapaz pegando carona é baseada no repertório de lendas norte-americanas, geralmente falando do fantasma de uma mulher de branco, a lenda foi explorada em um episódio de Supernatural. Apesar disso a lenda tem variações e é normal pelo mundo todo.

O marido que retorna para a viúva quando Papa Midnite intercede uma conversa com ambos é um misto de lendas e teorias que conta que geralmente quando um espírito de um falecido continua com a família, ele começa a vampirizar a energia vital das pessoas causando doenças e até levando esses a morte.

Loa é o nome dado a espíritos da religião Vodu e suas vertentes, Papa Legba é o responsável pela comunicação do nosso mundo e o mundo espiritual, por isso ele é chamado por pelo Papa Meia-Noite, para auxiliar as conversas entre os vivos e os mortos. A forma que Papa Legba é descrito muda de acordo com a região e culto.

Papa Legba

Jim Corrigan foi o easter egg do episódio, após morrer, Jim Corrigan vai se tornar Espectro, que está entre um os heróis mais poderosos do universo DC e membro da Liga da Justiça Sombria.

Espectro


























sábado, 22 de novembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 4

Esse é o artigo sobre referências ao ocultismo, simbologia e mitologia do 4º episódio da 1ª temporada da série Constantine, se você não viu, também veja os artigos do , e episódio.

Então vamos para as referências:

Antes de mais nada é importante dizer que o 4º episódio é muito especial, pois é baseado em Hellblazer #1, que vale a pena você dar uma lida.

Hellblazer #1 Capa

Quando Gary está no aeroporto podemos ver que a garrafa que ele leva e que é posteriormente é aberta tem um desenho, ele é uma variação do Hexagrama de Salomão. 

Prender demônios em garrafas e frascos faz parte de diversas lendas como até por exemplo a do gênio da lampada, em alguns livros de goétia, também existem fórmulas para prender daemons em vasos ou arcas.


Hexagrama de Salomão


Enquanto John está desenhando o Hexagrama de Salomão ou o que ele chama de Selo de Salomão, Zed diz que o símbolo aparenta ser a Estrela da Davi, esse é um erro muito corriqueiro, geralmente a Estrela de Davi é desenhada com os traços sobrepostos ou mais largos, já o Hexagrama de Salomão com traços simples e os símbolos apresentados na imagem acima, o Tetragramaton e o Tau. 

Enquanto John desenha na garrafa o Sigilo de Salomão com o Taba'at Shlomo ou Anel de Salomão ele explica que o anel tem um forte magia de contenção, na realidade o que é atribuído esse poder é o selo de Salomão, é dito nos livros sobre Goétia, que o Hexagrama de Salomão devia ser mostrado para o espírito evocado para que o mesmo ficasse obediente e tomasse a forma que fosse pedida.

Quando John chega ao restaurante de Nommo, o mesmo diz que: "As tripas de cabra indicaram que você chegaria ontem". Isso se refere a forma de adivinhação feita por meio de tripas e órgãos de animais, na nossa língua essa prática é chamada de Arúspice, eram mais comuns entre os romanos e etruscos, mas acreditasse que era algo comum desde a idade do bronze.

Nommo é o nome dado a espíritos mitológicos do povo de Mali, segundo a descrição, eles seriam anfíbios humanoides. John também fala antes de visitar que o mesmo é um Xamã, isso explica ele usar a droga psicodélica da qual ele chama de Névoa para descobrir sobre o informações sobre Mnemoth. O antídoto da droga é chamado de Néctar de Nhialic, nome do supremo deus e  criador do mundo na mitologia Dinka.

Mnemoth é o nome dado ao demônio da série, embora esse nome não seja usado em nenhum demônio no mundo real ele é uma leve referência ao demônio Beelzebub, o senhor das moscas e que na modernidade é relacionado a Gula, infelizmente essa correlação só é mais forte nos quadrinhos, 

Ilustração de Beelzebuth no Dictionnaire Infernal de Collin de Plancy

Para finalizar vou deixar uma frase muito interessante dita pelo Constantine: "A energia psíquica está ao nosso redor. É como uma network."

domingo, 16 de novembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 3

Se você não o artigo sobre o primeiro e segundo episódio clique aqui e aqui.

No início do episódio Jasmine vai em busca do disco amaldiçoado e abre o contrato que ela fez em troca da saúde do marido.

Samigina, Agares, Marbas e Bael

Existem 4 selos de demônios no contrato, por ordem são: Samigina, Agares, Marbas e Bael. O símbolo mais escondido é chamado de caractere de Lúcifer, segundo o Grimorium Verum de tradução do Frater Goya.

Nesse episódio vemos novos detalhes do forte sobrenatural, enquanto Constantine recita as palavras que vai usar no feitiço da Mão da Glória usa um círculo de sal envolta dele, o sal tem poder de neutralizar energias e dessa forma pode ser usado para repelir energias densas. Ao lado podemos ver um forno a lenha semelhante ao que era mostrado nas gravuras de alquimistas.



A porta que Chas mostra para Zed tem algo especial, ela é em forma espelhada da runa Uruz, essa runa representa o bisão, a força e a utilização dela para mudança e tomada de um novo rumo ou caminho. 


A Mão da Glória, é usada por Constantine para reviver seu amigo morto por alguns segundos, porém na lenda real, a Mão da Glória seria usada para paralisar ou fazer pessoas dormirem enquanto os dedos dela estivessem queimando ou enquanto uma vela entre os dedos estivesse acessa e em alguns textos também promete invisibilidade, antes de ter esse poder o objeto devia passar por um processo bem longo de preparo. Ela é citada em alguns grimórios antigos como o Petit Albert e também no livro medieval sobre bruxas Compendium Maleficarum.

Mão da Glória

O cantor de Blues que fez o pacto era chamado de Willie Cole, é uma referência ao cantor americano Robert Johnson (1911-1938) considerado um dos melhores cantores de blues da história, segundo a lenda, ele fez um pacto com o diabo em uma encruzilhada para conseguir tocar com perfeição. Sua história foi bem explorada na série Supernatural.

Robert Johnson


Essas foram algumas referências sobre esse episódio, na próxima semana falarei sobre episódio número 4.

sábado, 8 de novembro de 2014

Constantine - Temp. 1 Ep. 2

Conforme prometido, vou continuar com as referências sobre a série. Já existe um texto do primeiro episódio que na realidade é o episódio piloto que vazou, e como o primeiro episódio está praticamente igual não fiz um texto para ele. Se você não conferiu o artigo do primeiro episódio é só clicar aqui.

Logo no inicio vemos John fazendo truques com cartas, transformando a Dama de Paus em um Ás de Paus. O nipe de Paus (♣) corresponde ao Fogo elemento que vamos ver com grande frequência nesse episódio.

Quando Chess vai conversar com John, é citada a Capnomancia, que como John diz é adivinhação pela fumaça, geralmente quando se usa desse tipo de adivinhação se joga algum tipo de erva ou até semente no fogo e se estuda o movimento da fumaça e forma que a mesma toma. Isso também mostra como Constantine se mantém financeiramente e banca suas aventuras, na maioria das vezes usando de magia para conseguir dinheiro, essa era uma dúvida que ocorria para quem lia os quadrinhos.

A produção da série surpreendeu bastante nesse episódio com relação aos detalhes, no Forte Sobrenatural, podemos ver entalhado nas prateleiras os símbolos alquímicos dos 4 elementos e também o símbolo de Saturno.




Abaixo vocês podem ver melhor como são os símbolos:


Quando John cita a viagem para Pensilvânia, Chess diz que não pode ir devido ao ocorrido da "Súcubo no trem de carga", para quem não sabe Súcubo é o nome dado pelos antigos para um demônio que atacava pessoas sexualmente enquanto dormiam. Nos dias de hoje o nome é usado ou para definir espíritos ou formas de pensamento  que sugam a energia sexual das pessoas.

Voltando aos símbolos alquímicos em uma cena posterior podemos ver o símbolo alquímico do elemento fogo no brinco da Zed e na carteira de habilitação de John. Mais tarde o símbolo aparece também tatuado nas costas do Constantine.



Quando John vai tentar impedir o pastor que ele acreditava ser o causador dos ataques na mina, ele dá uma vassoura para Zed e diz que para ela se enfurecer-se para rebater todo mal. A vassoura sempre foi relacionada a bruxaria e existem diversas teorias do possível motivo dessa relação, segundo alguns a vassoura era utilidade para aplicar um unguento alucinógeno no corpo, para outros era utilidade em rituais para abundância nas colheitas. Atualmente em algumas tradições a vassoura é usada como símbolo de limpeza e expulsão de energias negativas e densas, obviamente a vassoura é feita com plantas específicas,



Na mina o símbolo que Constantine pede para Zed desenhar é o símbolo alquímico da Terra, já mostrado na imagem  no começo do artigo.

Símbolo Alquímico da Terra


John explica a Zed que os seres que estavam causando mortes nas minas eram chamados de "Coblynal", fantasmas de mineiros mortos que tentavam avisar os mineiros vivos de perigos. Na realidade as lendas se referem a uma espécie de gnomo que além de viver em minas se veste como mineiro.

Coblynal






















Aguardem que na próxima semana postarei o artigo do próximo episódio onde o Papa Midnite aparece!

domingo, 2 de novembro de 2014

1 Milhão de Acessos e Mais Algumas Coisas

É realmente o blog ficou abandonado, eu devia explicações pois sei que apesar de poucas, algumas pessoas acompanham o blog com frequência e estranharam essa ausência. O motivo principal foi pelo tempo, apesar de eu não ter o direito de dizer que me falta tempo, pois como muita gente diz "nosso tempo é a gente que faz", mas com a mudança de horários por causa de trabalho eu perdi o embalo. O outro motivo não menos importante é devido a eu começar a procurar com mais enfase desenvolver a mediunidade, a partir disso um novo leque de coisas se abriram, novos conceitos, novas formas de ver as coisas e por ai vai, logo minha atenção ficou focada para outro lado.

De forma alguma eu me sentia bem com o blog parado, algumas vezes eu procurava escrever algo mas não conseguia bolar nada, esse foi o terceiro motivo, um bloqueio na criatividade, que não sei bem o motivo, talvez quando você escreva por alguns anos as ideias se esgotem ou seja reflexo da falta de tempo, eu não sei...

Por mais que tudo estivesse parado, os comentários, os e-mails e acessos não caíram tanto, na realidade a quantidade de e-mails até cresceu, o que me surpreendeu e mostrou que tudo continuava bem sólido e não tão dependente de mim quanto eu pensava que era.

Mas voltando ao motivo do post...

Hoje resolvi escrever um post novo e acabei por ver nas estatísticas que minha antiga meta pessoal de 1 milhão de acessos havia sido batida, como meu amigo disse "eh visualização pra caralho" e é mesmo. Eu não preciso dizer que estou feliz, não é? (Só ia estar mais se cada visualização valesse 1 real).



Aqui deixo meus agradecimentos a todos que acompanham, comentam ou apenas leem, vocês todos fazem parte disso!

E deixo aqui meu brinde ao meu querido blog! Longa Vida ao TSMeO!!!

domingo, 31 de agosto de 2014

Templo Astral

A construção do  Templo Astral é um exercício que é sempre indicado após você dominar a visualização e ter desenvolvido uma boa concentração, fora isso é bom saber dominar um estado de relaxamento, que você pode atingir fazendo respirações controladas ou atingindo o Estado Alpha.

Estando em um local confortável como sua cama ou uma poltrona, você se visualiza em um espaço branco, esse é o papel branco da sua mente, lá você vai construir um o local que vai ser ponto de partida para o seu templo astral inteiro, não existe regra, mas você pode começar com um pequeno quarto e ir colocando as coisas que quiser, por exemplo uma mesa, quadros, plantas e etc. Vai ser o lugar que você faria para ficar uma parte do seu tempo e se não existisse limites na forma que você poderia decorar. Se você é ocultista por exemplo, pode colocar estátuas de deuses, objetos com simbolismo, armas e etc, objetos que só uma pessoa milionária poderia colocar.

Templo Astral

Obviamente como o espaço é seu, você pode imaginar algo completamente diferente como uma praia deserta ou um castelo nas nuvens.

Por exemplo, uma parte do meu Templo Astral é uma ilha com uma cabana de madeira bem simples, com uma sala ao lado para meditar, fora dela eu coloquei locais para representarem os 4 elementos, o mar é água, terra uma gruta, vento um penhasco e fogo uma piscina de lava no fundo da terra. Também é possível colocar deuses personificados para conversar ou estátuas desses para oferendar algo, emfim, o limite fica na criatividade.

Existem diversos motivos para se ter um templo astral, é um lugar onde pode se relaxar a mente e ao mesmo tempo treiná-la, pois a visualização é um exercício também.

Dentro do templo astral, após deixar tudo "firme" chega a parte mais interessante, enquanto você cria e explora esse mundo criado por você, podem aparecer coisas novas com o passar do tempo, muitas vezes símbolos que sua mente cria e você deve desvendar o significado, não podem aparecer apenas objetos, como também seres vivos, como a mente trabalha com símbolos é importante procurar colocar coisas que tenham algum significado para você.

Em níveis mais avançados você pode usar o templo para guardar informações, pode lançar sigilos dentro do templo, realizar rituais. Se conseguir, pode personificar um trauma, medo ou vicio e em uma batalha épica matar esse problema.

Isso é um pouco sobre o templo astral, quando se conseguir firmar bem, o templo começa a se solidificar no plano astral, por isso o nome.

É importante esse exercício ser feito com frequência e diariamente para ter bons resultados, você pode fazer também toda noite antes de dormir.


domingo, 3 de agosto de 2014

Pop Magic!

"POP MAGIC! é Magia! Para o Povo. POP MAGIC! é Magia Nua! POP MAGIC! tira os sete véus e lhes mostra as tetas do infinito."

Book Of Lies

POP MAGIC! Não é um livro em si mas sim o nome da introdução do livro "Book of Lies: The Disinformation Guide to Magick and the Occult", essa introdução foi escrita por Grant Morrison, o livro é editado por Richard Metzger e possui contribuições de várias pessoas além de Morrison. Apesar disso pouca gente parece saber que essa é uma introdução presente em um livro.

Eu não lembro bem a primeira vez que escutei falar de Pop Magic! mas sei que faz bastante tempo, na época a maioria das pessoas indicavam esse artigo em grupos de magia do caos, como um bom guia para explicar o que eram sigilos dentro do contexto da magia do caos.

Pop Magic! fez muito sucesso aqui no Brasil graças ao texto que é simples, indo direto ao assunto e apresentando conteúdo prático de forma que o leitor, mesmo esse sendo alguém que pode até não ter nenhuma definição sobre o que é magia pode entender melhor o conceito da palavra dentro do ocultismo, por isso é um dos textos que é sempre indicado para pessoas que tem interesse em magia do caos, sigilização, são iniciantes ou pessoas que tem curiosidade sobre o que e magia.

Grant Morrison dá rapidamente um explicação sobre a magia sem misticismo ou dogma, logo no começo ele começa a falar sobre estados alterados de consciência como a chave para causar mudanças com magia.

"Este é o estado em que folhas de chá são lidas, maldições são lançadas, gols são marcados e poemas são escritos."

Como se tornar um mago, o que é magia, estados alterados, sigilos, banimentos, visualização, cura e muito mais são assuntos abordados em menos de 20 páginas.

Como eu sempre ando dizendo, se você é iniciante é muito recomendado você dar uma lida em Pop Magic! Você vai ver as coisas de uma forma mais simples, que é a forma mais fácil se você começar a praticar sem pensar que é algo muito complexo, distante das suas capacidades e que só vai poder fazer daqui alguns anos.

Se você ainda não leu, ou quer reler, você pode ver Pop Magic! Aqui
Se quiser ver uma resenha sobre Book of Lies clique Aqui!

domingo, 6 de julho de 2014

Série Constantine - Primeiro Episódio

Quando o blog estava começando e fiz o texto O que tem de ocultista o filme Constantine (péssimo titulo eu sei), esse foi um dos textos que na época me ajudou a alavancar um pouco blog, por causa disso fiquei animado ao saber que iria sair uma série do John Constantine baseada nos quadrinhos de sucesso, mas não fazia ideia que ia ter a oportunidade tão cedo, o lançamento da série aparentemente estava previsto para setembro, porém ocorreu do episódio piloto "vazar" e tive a oportunidade de falar da série mais cedo.

Antes de mostrar algumas referências ocultistas e simbólicas do episódio, é interessante fazer alguns comentários sobre a produção em si.

Uma das coisas que foram comentadas antes da produção, foi que tudo seria baseado nos quadrinhos, isso animou muito os fãs e como sempre depois decepcionou um pouco mais tarde, nesse piloto, John fuma poucas vezes, quando nos quadrinhos, o cigarro era a marca registrada dele. Algo que também aparentemente chamou  a atenção foi que John continuou com o estilo de "exorcista cristão" que tinha no filme de 2005, apenas no piloto ele faz exorcismo em uma mulher morta, em uma homem e até num fio de alta tensão.

Obviamente isso não é uma reclamação minha, mas apenas um comparativo como forma também de indicar que procurem ler os quadrinhos.

Capa Série Constantine



Então vamos para as referências!

Na abertura vemos uma referência ao filme, o símbolo Enxofre da Perfeição ou Enxofre dos Sábios aparece desenhado no centro da letra T, era o símbolo que ficava tatuado nos braços do John no filme.



O outro símbolo da abertura, foi tirada de uma das capas da HQ que mostra as costas do Constantine tatuadas.

Constantine Tatuagem

A imagem é tirada do Grimório francês Black Pullet, a descrição do símbolo diz:

O talismã e o anel da placa número nove, te servirão para conhecer todos os minerais e vegetais, suas virtudes e propriedades e você possuirá a medicina universal. Não haverá doença que você não possa curar e convalescença que não alcance sucesso. Esculápio, Hipócrates não serão mais que alunos perto de você. Você pronunciará somente estas palavras: Reterrem, Salibat, Cratares, Hisater, e quando você estiver perto de um doente você portará o talismã sobre o estômago e o anel em um colar no pescoço amarrado com uma fita cor de fogo. 

Símbolo 9 - Black Pullet


Para proteger Liv, John manda Chass jogar sal na entrada da porta e desenhar um símbolo, depois ele explica que é o "Olho de Hórus", símbolo egípcio de proteção.
A ideia de vedar entradas com sal não é cópia de Sobrenatural, o sal causa efeitos energéticos fortes em forma de descarrego, então dependendo da energia que tentar passar, o sal pode barrar.

Já o símbolo não é simplesmente o Olho de Hórus, o símbolo também possui 2 símbolos embutidos, a cruz de braços igual e a runa Algizfamosa runa de proteção.



Mais para frente na série, John leva Liv para a cabana do pai dela, vemos um easter egg onde é mostrada a Máscara de Nabu ou Máscara do Senhor Destino, uma das personagens da DC Comics.



Na lousa do local vemos escrito EROM NAHT SIHT, que nada mais é que More Than This escrito ao contrário.
Também existe um simbolo semelhante ao Zoso do Led Zeppelin, de certo uma homenagem aos fãs da banda.

John também cita o termo Scrying como forma de adivinhar coisas que vão ocorrer, porém Scrying não é o termo correto do que Liv faz com o amuleto, Scrying é um método que é feito olhando para objetos enquanto se está em estado alterado de consciência, com a mente trabalhando de forma diferente as imagens se alteram e a pessoa pode ver informações sobre o futuro, presente ou passado.

O demônio Furcifer nas fontes reais é chamado de Furfur ou Furtur, o 34º dos demônios da Goétia.

"Furfur (também pronunciado como Furtur) é o Poderoso Grande Fidalgo do inferno e tem vinte e nove legiões de demônios sob seu comando. Ele é um mentiroso, a não ser que seja obrigado a entrar num triângulo mágico onde ele somente dá respostas verdadeiras para cada pergunta, falando com uma voz grossa ...cria tempestades, trovões, raios..."

Furfur em Dictionnaire Infernal
Gravura de Furfur do Dictionnaire Infernal de Collin de Plancy

O selo pintado dentro do círculo criado por John é o selo de Furfur:

Selo de Furfur


Clique aqui, para ver o artigo do segundo episódio da série.

sábado, 28 de junho de 2014

Um Pouco Mais Sobre os Sigilos

O texto sobre Sigilos do blog, mostra a técnica da consagrada Magia do Caos de forma simples e descomplicada e deve estar entre o Top 10 de textos mais comentados.

Por ser simples o sigilo é a técnica escolhida pela maioria dos iniciantes, mas não deixa de ser um método consagrado no meio de magistas experientes, por ser um método tão simples e "código aberto" a prática da sigilização as vezes trazem muitas dúvidas.

Aproveitando a deixa, vou fazer um texto com as dúvidas mais comuns que apareceram.

Preciso fazer o desenho certinho?

Não é necessário, você pode fazer o símbolo da forma que quiser, mas se você puder, também é indicado fazer algo mais caprichado e usando as habilidades artísticas que tiver, pois toda atenção e tempo que você investe também é energia.

Atualmente existem meio eletrônicos de fazer o sigilo, é indicado fazer assim?

Para quem não sabe, existem vários sites onde você insere a frase e o site faz diversas modificações como tirar letras repetidas, transformar letras em números ou inverter palavras.
Embora o esse tipo de site ajude, é muito valoroso tanto mentalmente como energeticamente o tempo e atenção que você vai investir criando o sigilo, por tanto é indicado você fazer a mão.

Se eu criar um sigilo para ganhar dinheiro, algum parente meu pode morrer pra eu ficar com a herança ou algum ruim do tipo acontecer?

É muito difícil algo do tipo ocorrer pelo simples fato que para se criar grandes mudanças se precisa de muita energia. É importante observar que o intento que você cria vai ser jogado em um labirinto onde existem diversos caminhos para se realizar, por motivos lógicos ele sempre vai seguir o caminho mais próximo e mais simples.
Logo quando você faz um sigilo pra ganhar mais dinheiro, muitas coisas podem acontecer, mas é muito difícil sua avó morrer por causa disso, pois existe muita energia envolvida em causar algo do tipo, fora que vão existir forças maiores envolvidas em relação ao tempo que a velhota vai viver. Obviamente os efeitos podem ser bem diferentes do que você espera, por exemplo: você pode perder seu emprego para arrumar um melhor e etc.

Sigilo pode ser Programado?

Sim, a programação pode ser feita durante a construção do sigilo, é uma ótimo meio de contornar o problema de esquecer o sigilo, pois você pode programar uma data para ele ser ativado, ou um evento específico, por exemplo quando você correr perigo.

Com exceção da Meditação e Imantação, é possível energiza-los com outras coisas?

Sim, existem outros meios diversos de se lançar o sigilo, dentro os diversos, você pode criar um método seu, você pode usar velas sobre o sigilo, escolhendo a cor de vela mais próxima do seu intento, por exemplo uma vela amarela e indicada para assuntos financeiros.
Deixar em altar, usar em conjunto com elementos (fogo, água, terra e ar) e outras técnicas que a intuição mandar podem ser usadas sem preocupação.

Existe algum perigo ao se criar sigilos?Sim e não, o que pode e muitas vezes ocorre é que a pessoa cria o sigilo sem o intento estar bem definido e logo o resultado pode não ser satisfatório ou exatamente o desastroso, por exemplo:

Um amigo meu criou um sigilo para fechar acordos comerciais e seguiu a técnica comum de se criar o sigilo, depois de algum tempo os sigilo deu resultado e ele fechou uma quantidade favorável de acordos, porém mais tarde pouca gente honrou os acordos e pagaram o valor combinado.
Após isso ele viu o erro e criou um novo sigilo contornando a situação ocorrida da última vez e teve sucesso.


Por isso é indicado, antes de se criar o sigilo meditar em como definir bem seu objetivo tendo em mente que o sigilo geralmente vai seguir exatamente o que você definiu.


Mais Dúvidas?
Em caso de dúvidas vocês podem comentar aqui ou no próprio texto sobre sigilos, muito indicado se você tem interesse no assunto e ainda não leu.

domingo, 15 de junho de 2014

Dicas para Ter Bons Resultados nas Práticas

As práticas apesar de muitas vezes serem esquecidas ou deixadas de lado ainda são a base para o desenvolvimento pessoal do ocultista. Seja uma meditação diária, um exercício de autoconhecimento ou até uma prática energética, a maioria das pessoas não consegue manter muito tempo a regularidade das práticas, ficando assim as vezes sem "sair do lugar".
Abaixo estão algumas dicas para ajudar a manter e ter bons resultados com as práticas.



Práticas Diárias

Por mais óbvio que pareça ser isso geralmente é esquecido, manter as práticas diariamente é o segredo número 1 para ter sucesso. Fazer um exercício uma vez por semana ou só quando lembrar raramente não vai lhe trazer resultados e vai ser o caminho para eles serem esquecidos.


Mantenha o Foco

Não adianta pular de prática pra prática toda semana, é necessário manter o foco no que está se fazendo para atingir os resultados.
O desenvolvimento seja do que for leva muito tempo, não espere nada instantâneo.

Transforme em Rotina

Rotina é uma palavra que assusta, porém quando você integra a sua rotina o exercício fica mais difícil você abandoná-lo ou até acontecer algo como esquecer. Depois que faz que você se acostuma quando não fizer vai sentir falta.

Não Divulgue seus Resultados

Algumas pessoas gostam de divulgar os resultados que tiveram, na maioria das vezes para saber a opinião de outros ou para tirar dúvidas sobre o que ocorreu durante o exercício. Eu já tive muitas dúvidas referente a resultados ou a sensações que eu sentia durante os exercícios e procurava respostas com várias pessoas, na maior parte das vezes recebia respostas diferentes e geralmente mais pra frente quando eu já tinha mais experiência descobri que essas respostas estavam erradas.
Logo, a não ser que você ache necessário não é indicado sair postando seus resultados por ai, afinal o que você sentiu e vivenciou é seu, logo qualquer relato vai ver visto de forma diferente para quem ler.


Não Espere Sensações

As sensações fazem parte das práticas, porém se você for fazer a prática já esperando ou já se concentrar na "busca" nelas pode prejudicar o exercício. É sempre deixar o que for feito fluir e não gerar ansiedade enquanto faz os exercícios.


Anote Tudo

Como sempre é dito, é importante manter anotado, mesmo se você for como eu que raramente vai reler os relatos deve saber que nunca se sabe quando é necessário dar uma relembrada.


Não Exagere

Qualquer prática em exagero pode trazer problemas, então é sempre bom manter um tempo médio, não sendo nem muito curto nem muito longo.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Falsa Maçonaria

Recentemente ocorreu algo não muito comum, foram presas várias pessoas que faziam parte de uma organização da qual se fingia fazer parte da Maçonaria dessa forma arrecadando dinheiro de pessoas desavisadas que acreditam que ao entrar na ordem ganhariam benefícios financeiros.

Objetos pegos com a quadrinha, incluindo dinheiro, cheques, cartões vagabundos de afiliações e até mesmo uma arma.
Não é necessário falar muito da Maçonaria, como ela funciona e suas tradições, isso não evita que as pessoas caiam em golpes, pois geralmente quem cai nesse tipo de "cilada" não se preocupou em pesquisar como funciona a ordem ou apenas deu atenção para as facilidades, achando que bastando entrar na "Maçonaria" dando algum dinheiro, iriam ter o retorno do dinheiro em quantidade maior.

A operação chamada pela polícia civil de Operação Castelo de Areia em homenagem ao "Templo Maçônico" da quadrilha que apesar de tudo não tinha arquitetura de templo maçônico, ocorreu mês passado, prendendo até agora 7 pessoas, não por fingir ser uma loja séria da maçonaria, nem por vender cursos e apostilas, mas sim por pegar dinheiro de pessoas com promessa de retorno e após isso não devolver.

Pra quem estuda faz algum tempo ocultismo sabe o quanto uma ordem falsa pode dar lucro, na realidade eu falei inúmeras vezes do assunto aqui, mas achei interessante tocar no bom e velho tema por ocorrer a atuação da polícia civil, o que mostrou como a coisa era séria. E ainda fica um aviso, brincar com o nome da Maçonaria não é "seguro".

Outra coisa que serve de exemplo é que uma das coisas que mais auxiliou a polícia foram as denúncias das vítimas, esse é um dos maiores obstáculos para a polícia fazer esse tipo de ação, as denúncias que ocorrem nesse tipo de caso são poucas, isso serve de exemplo do poder que as vítimas tem e não sabem.

Os mais sinceros agradecimentos a polícia civil por essa grande operação que acabou com uma quadrilha que atuava a anos mistificando e comercializando algo que não tinham entendimento, esperamos que ações desse tipo ocorram cada vez mais!

PS: Se precisarem de nomes eu posso passar uma lista de alguns!

segunda-feira, 26 de maio de 2014

3 Anos Depois

Praticamente 2 meses atrasado estou fazendo um post pra comemorar o Terceiro ano do blog!

Bolinho do Cthulhu!
Esse atraso ocorre pelo simples fato que esse ano meu tempo está curto, e cada vez mais a vida profana chama isso fez a data passar despercebida. Apesar disso eu sei que cada um faz seu tempo, talvez essa dificuldade em cuidar do blog também seja devido ao meu foco atual no desenvolvimento pessoal e por causa disso tudo eu sinta dificuldade em escrever no blog. Mas eu estou dizendo isso somente para justificar qualquer atraso ou coisa do tipo que venha a acontecer mais para frente, ou se algo demorar muito pra ser respondido.

Eu nunca havia parado para pensar, mas o blog trouxe muitas coisas boas para mim, conheci ótimas pessoas, aprendi muita coisa, vi novos pontos de vista, e nas vezes que estava desanimado recebia e-mails com agradecimentos ou alguém próximo contava alguma experiência positiva que algum conhecido teve com o blog. Eu posso até dizer que o blog sempre trouxe mais resultados do que eu esperava e isso me mantém bem satisfeito com ele.

Para terminar, quero agradecer aos meus leitores pelos acessos, comentários, e-mails e acima de tudo a confiança.

Até agora a pouco, estamos com  816.031 acessos, e estou ansioso para o 1 Milhão!

domingo, 11 de maio de 2014

Como Identificar um Picareta

Antes de mais nada, saiba que se você está procurando um serviço de amarração ou coisa do tipo, você tem boas chances de perder seu dinheiro! Logo, não adianta ler um guia para identificar um picareta se você está procurando um "produto" que só é vendido na "loja" deles.

A guerra contra picaretas é uma guerra sem fim, por mais que se fale e se indique meios de evitar que as pessoas caiam em golpes o desespero ou falta de informação sempre vai pesar mais no seu lado da balança.
Ainda assim, deve ser útil um guia falando  um pouco sobre os "picaretas" que sempre agem da mesma forma faz milênios mesmo que agora estejam na internet! Então vamos lá!

O Título

O picareta na maior parte das vezes vai ter um título na frente do nome, embora usar um título na frente do nome não seja razão para você chamar alguém de picareta, é quase sempre certeza que o picareta vai ter algo na frente do nome para dar certeza de que ele é alguma coisa (que quase sempre não é).

"Mago", "Bruxo", "Babalorixá", "Pai", "Mãe" e outros, são títulos que eles pegam de religiões ou práticas espirituais para usar a favor deles próprios, as vezes desvirtuando religiões que eles próprios não conhecem, como exemplo a Umbanda e o Candomblé, muitos se dizem pai ou mãe de santo, mas não dirigem nenhum terreiro, o que é para quem entende do assunto uma grande piada.

Os "Amigos" Espirituais

Todo picareta da espiritualidade que se preze tem amigos espirituais, ou melhor "amigos", pois as entidades vão ser como escravos dele, ele vai se gabar por ter um monte de entidades a sua disposição para qualquer coisa que queira, e essas entidades vão falar no ouvido dele o que deve ser feito e até quanto deve ser cobrado. A entidade não tem nada melhor para fazer no mundo espiritual do que auxiliar o picareta a trazer um marido de volta ou uma coisa insignificante do tipo.


História Espetacular

Todo charlatão tem um passado espetacular, as histórias deles são quase sempre iguais, eles são pessoas que tinham dons latentes desde pequenos e faziam coisas que pessoas normais não faziam. Para resumir, de uma forma ou de outras eles são incríveis e melhores que você e qualquer um no mundo e perdem seu tempo fazendo caridade em troca de algum dinheiro.
O charlatão tem reconhecimento e fama sem limites, mas ele não fala de onde nem quando, pois quase ninguém o conhece realmente.


Os Produtos e Serviços

Os produtos são diversos, não importa se for alguma coisa material, ou algum ritual, todo produto e serviço nada mais é que uma Promessa, seja de trazer amor ou riqueza, não importa o que seja, o que o charlatão vende é sempre algum "resultado".
Estranhamente eles sempre vão vender promessas de coisas que eles não possuem, quase sempre os que vendem riqueza são golpistas pobres e desesperados, geralmente os que prometem amor de volta são solteironas ou solteirões largadas, e os que prometem "dar mediunidade", capacidades especiais, poderes mágicos geralmente são os que não possuem nada disso, por isso sabem enrolar bem que tem as mesmas necessidades que eles.

Promete, mas não Promete

Tudo que o picareta vender vai vir com uma propaganda falando das maravilhas que aquilo vai trazer para sua vida, porém quando não funcionar, o picareta vai falar que milagre não existe, que tudo dependia de você e da sua fé e que infelizmente não pode devolver seu dinheiro. Pois a culpa foi sua!


Quando acusados, eles sempre se fazem de vítimas

Se tem uma verdade sobre o picareta, é que ele nunca está errado, quando sua amarração não funcionar, vai ser culpa sua, pois não teve fé, ou até pode ser que existia uma energia negativa impedindo o trabalho e ele vai precisar de mais dinheiro.

Se alguém acusar o charlatão, muito raramente ele vai ameaçar a pessoa com magia, a não ser que tenha certeza que a pessoa acredita nos poderes dele. Nessas horas as diversas entidades que são empregadas dele não poderão fazer nada, o charlatão vai te ameaçar com outras coisas, como processo por exemplo ou vai sair chorando aos quatros cantos que é uma pessoa injustiçada e seus acusadores são pessoas invejosas.

No mais, na maior parte das vezes, quando o charlatão estiver com seu dinheiro, ele vai sumir.


domingo, 4 de maio de 2014

Bastet

Bastet é uma das deusas mais conhecidas da cultura egípcia, com cabeça de gato e corpo de mulher ou como apenas um gato comum, Bastet foi um dos maiores motivos de sempre ligarem os gatos ao Egito.
Bastet inicialmente era uma deusa solar, e posteriormente com o contato de outras culturas, se tornou uma deusa lunar, a ponto de ser relacionada com a deusa grega Ártemis.

Deusa da lua, fertilidade, das grávidas, do nascimento e da cura das doenças, Bastet era uma divindade fortemente cultuada, haviam templos em sua homenagem e eram repletos de gatos, das quais quando morriam eram cuidadosamente mumificados. Isso ocorria principalmente na cidade de Bubastis, onde haviam grandes festivais em nome da deusa.

Dizem que Bastet já era uma divindade antiga e já era associada a gatos, antes desses serem domesticados, ou melhor quando começaram a viver com os humanos, pois dizem que os gatos foram os únicos animais que se aproximaram dos humanos.


Segundo alguns Bastet seria uma das faces da deusa leoa Sekhmet, deusa que representa a destruição e fúria do sol, enquanto para alguns, ela seria a contraparte, enquanto deusa solar, representaria os benefícios do sol, como o seu calor que mantém a vida.

Bastet como deusa lunar pode se encaixar em Yesod na árvore da vida da kabbalah.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Como Jogar Tarô

Uma coisa que eu gosto muito mas não acabei por falar sobre aqui é o tarô, isso é só devido a minha dificuldade em falar de práticas pessoais, ou melhor passar elas de forma que possam ser entendidas.

O Tarô sempre é visto com um ar de misticismo, mas é importante vê-lo antes de mais nada como uma ferramenta poderosa. Se não fosse o tarô eu não teria saído das leituras de livros e teorias sem fim.

Antes de mais nada eu posso avisar que não existe regra para ler o tarô, logo você pode seguir a forma que você achar melhor, o mesmo ocorre para a técnica e tiragem. Você não precisa acender uma vela ou um copo da água ou coisa do tipo, nem um pano especial cobrir a mesa, a não ser que você veja necessário, eu particularmente nunca fiz isso.

Rider Waite


Antes de você começar a tiragem de cartas, procure relaxar, não criar ansiedade ou qualquer coisa tipo, formule uma pergunta de forma que responda com integridade sua sua dúvida. Feito isso, você pode embaralhar o tarô, embaralhe e pare de embaralhar quando você sentir que deve, após isso você pode tirar 3 cartas, se achar necessário, pode tirar menos ou mais. Pode ocorrer da primeira carta responder tudo.

Basicamente é isso sim, sem complicações. Obviamente a pessoa deve conhecer os significados que cada carta possui, estudar cada carta e interpretar a mensagem. Nas primeiras vezes é indicado até ter um caderno para anotar o que entendeu, pois algumas vezes a informação escapa como água entre as mãos.
Vale lembrar que quando mais leituras fizer melhor vai conhecer as cartas e aprender significados que não se encontra em livros ou sites.

É indicado caso for comprar procurar os tarôs mais clássicos, pois vai ser mais fácil você encontrar material de estudo para eles.

A leitura de cartas funciona pela intuição da pessoa, não deve ser algo usado para futilidades, evite contar para as pessoas que você trabalha com esse tipo de ferramenta ou você pode virar escravo das perguntas fúteis dos outros, procure sempre usar para trazer mais claridade para seu caminho espiritual, e evite você mesmo virar escravo do tarô.

sábado, 19 de abril de 2014

Páscoa Pagã

Em época de Páscoa, acho legal falar um pouco sobre ela não é?

Eostre ou Ostara

Não é novidade que muitas festas pagãs foram transformadas em festas cristãs, na verdade todo ano algumas pessoas apertam essa tecla. 
A páscoa não é um caso diferente onde alguns costumes pagãos foram unidos e permaneceram vivos.
Como todo mundo que fez catequese soube mas esqueceu, Páscoa quer dizer Passagem, onde se comemoram a volta de Jesus que estava morto.

Não é novidade que o ovo representa a vida e a fertilidade, e isso tem origem pagã, algumas festividades tem relação com isso e trouxeram simbolismo do ovo e dos coelhos. 

A imagem acima é da Deusa
Ostara também conhecida como Eostre, com alguns coelhos ao lado e também alguns ovos que estão sendo pintados, para quem não sabe muito antigamente antes dos ovos serem de chocolate, eles eram ovos cozidos e pintados, como a imagem retrata.

Existem dados que durante a passagem de estações, bem antes de Cristo as pessoas tinham o costume de presentear uns aos outros com ovos pintados, as vezes cozidos com beterraba para ter uma cor diferente.

Não precisa ser dito que os ovos simbolizam a vida e o coelho fertilidade, (porque os coelhos adoram sexo e fazem muitos filhos). 
Podemos reparar que a palavra "simbolismo" aparece muito em festas cristãs.

Mas antes de tudo a páscoa também recebeu muita influência judaíca, onde o nome 
Pessach se refere a passagem do anjo da morte, referente a 10ª das pragas egípcias que foi o ocorrido precursor da libertação do povo de Israel.

Aparentemente quem decidiu a adaptação do culto foi o Concílio de Nicéia, logo o culto foi reaproveitado e assim começaram a introduzir e desenhar as figuras de Jesus, Maria e outros nos ovos. 
Só bem no futuro em torno de XVIII, alguns confeiteiros tiveram a ideia de fazer os ovos de chocolate e a moda pegou e se mantém até hoje.

Para saber mais sobre a deusa Eostre clique aqui e leia o texto que completa esse artigo!

domingo, 13 de abril de 2014

A Venda de Ascensão Espiritual

A nova moda dos comerciantes da espiritualidade é venda de meios para se ter Ascensão Espiritual, com o objetivo de fugir dessa dimensão infeliz e passar para outra melhor no próximo desencarne.

Eu sempre procuro falar por aqui sobre as picaretices que vem junto com a espiritualidade pelo simples fato de que é isso que envenena o meio e na melhor das hipóteses não só faz a espiritualidade parecer coisa de gente louca, além disso é claro, pode trazer danos psicológicos ou materiais a certas pessoas.

A venda desse tipo de coisa como foi dito no primeiro parágrafo vem se tornando moda em vários meios onde charlatões prometem que por meio de terapias ou iniciações a possibilidade de eliminar "karma negativo" e ascender a evolução de forma mais rápida, obviamente você tem que pagar pra isso e não é barato.

O conceito de karma é muito complexo, mas basicamente (dependendo do ponto de vista é claro) karma é o resultado atual, do que você fez nas vidas passadas ou até mesmo na semana passada. No conceito mais espírita e adotado pela maior parte das pessoas se você está passando por certas situações você tem algo a aprender com elas, algumas vezes essa aprendizagem vem do sofrimento.
 É importante ressaltar que esse conceito também é meu e você não precisa acreditar em nada disso, o objetivo do artigo é apenas explicar que dentro do próprio conceito de karma, ao menos o apresentado aqui, que não é possível vender a destruição ou queima de "karma negativo" para ascensão espiritual.


 "Você não pode vender isso! Karma só pode ser repartido pelos cosmos!" Homer J. Simpson

Muitas pessoas são vítimas desse golpe com promessas de melhora de vida ou até mesmo com a ilusão que na próxima vida vão sair desse planeta infeliz, pois pagaram uma quantia para alguém com a capacidade de quebrar "contratos kármicos" de vidas passadas ou algo próximo disso.


Nem sempre é fácil conseguir entender o objetivo de se estudar a espiritualidade, muitas vezes o próprio ego nos atrapalha e então buscamos por coisas que fazem nos parecer maiores que os outros e isso acaba por virar o obstáculo da ascensão real que é mais interna do que tudo.

Felizmente o dinheiro não compra nada que possa nos fazer evoluir dessa forma, isso porque é algo que depende mais de nós do que de qualquer outra coisa, procurar comprar por algum valor a paz espiritual é uma piada feita para alguém em está em uma zona de conforto.

Ninguém que é evoluído vai correr daqui para a 5ª dimensão por medo de sofrimentos terrenos, bem pelo contrário, a pessoa que evoluiu espiritualmente provavelmente passou por esses obstáculos e hoje está livre de conceitos e da forma que nos vemos.

Mas de qualquer forma, podem desconfiar de qualquer pessoa que venda ou diga que ensina seja por cursos ou apostilas a alcançar a "ascensão espiritual", não é fácil e além disso tudo é uma enorme perda de tempo para você!

sábado, 5 de abril de 2014

A Visualização

A visualização dentro da magia pode ser vista como o ato de "materializar" algo no plano astral ou pelo menos acumular energia nesse plano isso tudo dependendo da capacidade da pessoa. Os exercícios de visualização são muito indicados para tanto os iniciantes como os mais avançados, mas dentre esses estranhamente poucos sabem o motivo de se treinar isso.

Antes de falar das utilidades da visualização eu tenho que dizer como mais ou menos se visualiza algo. Visualizar não é imaginar, visualizar é ver, tendo certeza que o objeto que você visualizou está lá e existe.
Esse ato exige muito do cérebro, logo é muito normal pessoas se queixarem de dificuldades e até leves dores de cabeça.

Por exemplo: Quando você tem que visualizar um cubo na sua mão, você deve saber que ele está lá e se convencer a ponto de que seus sentidos acreditem também e sintam o objeto fisicamente lá.
Na teoria pode parecer fácil, mas não é, visualizar requer concentração e treino, por isso é um dos primeiros treinos indicados em ordens de magia ou até mesmo em livros.


Após você dominar a visualização, ela pode ser utilizada em diversos fatores na sua vida, na magia ela é principalmente usada em rituais, a visualização é fator decisivo entre o sucesso e o fracasso. O famoso banimento Ritual Menor do Pentagrama por exemplo não vale de nada se a pessoa não souber visualizar os símbolos dele.

A visualização pode ser usada em outros casos voltados para proteção como por exemplo, você pode visualizar a runa de proteção Algiz no seu peito em momentos que achar necessário.
Você também pode visualizar uma nuvem de fogo destruindo toda energia densa em um ambiente onde você não pode não pode fazer algum ritual mais complexo, como no ambiente de trabalho. Quando for fazer o lançamento de algum sigilo, a visualização também vai ser muito útil.

Isso foi um pouco sobre visualização, o treino geralmente se dá visualizando objetos e tentar cada vez mais aperfeiçoar, comece com objetos pequenos e sólidos até chegar a objetos com diversas cores e que mudam de tamanho.