Cabeçalho 2

domingo, 19 de abril de 2015

Pazuzu

Pazuzu é uma divindade da Mesopotâmia e outras regiões e era considerado o rei dos demônios do vento. Nos tempos atuais, essa figura mitológica ganhou destaque com o sucesso do filme "O Exorcista", onde uma criança é possuída por Pazuzu.

Pazuzu é retratado em suas imagens como uma criatura com 4 asas mostrando sua relação com os ventos, cabeça tem a forma humana, mas olhos grandes e nariz e boca de animais, as mãos parecem garras, nas suas imagens é representada com uma levantada e outra abaixada e cauda de escorpião.

Pazuzu

Eu sou Pazuzu, filho de Hanpa. O rei dos maus espíritos do ar que sai violentamente das furiosas montanhas, sou eu! - Inscrição nas costas de uma das estátuas de Pazuzu

Apesar de ter o título de rei dos demônios do vento ou rei dos espíritos maus do vento, podemos ver que, Pazuzu tanto fazia mal como bem,  É possível saber muitas informações sobre ele, graças a inscrições que eram encontradas junto de objetos relacionados a ele, como placas, estátuas e amuletos.
Pingente de Pazuzu
Pingente de Pazuzu
Pazuzu aparentava ser uma divindade com relação a proteção, principalmente de doenças de todos os tipos, até as que se desconheciam, como todo para as pessoas daquela região, toda doença tinha um cunho espiritual, amuletos de Pazuzu ou outros objetos era usados para algo tanto para prevenir doenças, como uma espécie de exorcismo-medicinal. Ele também era combatente de Lamashtu que tinha como vítima as grávidas ou crianças recém nascidas.

Um texto interessante encontrado na Assíria, ensina um ritual para curar um enfermo que consistia em pegar poeira do pó do templo de Marduk, pó de restos de alguma adoração/oferenda, pó da porta da casa de um homem saudável, pó da porta de um atelier/oficina, pó da porta de um homem morto, pó de uma sepultura, pó de encruzilhada e pó de 7 estradas. Após ter tudo, se misturava com água do reservatório do templo de Marduk e se fazia um busto de Pazuzu. O busto devia ser levado ao enfermo, após ele segurar o busto em suas mãos ou ele ser colocado sobre sua cabeça, o mal que o atingiu se afastaria e ele passaria a melhorar.

4 comentários :

  1. PREZADO YURI,
    SAUDAÇÕES!

    MEU IRMÃO NA GRANDE ARTE, EU GOSTARIA DE FAZER UMA CONTRIBUIÇÃO TEÓRICA NO TEU BLOG. TRATA-SE DE UM POSTULADO GNÓSTICO APRESENTADO POR MIM EM CONGRESSO DO QUAL PARTICIPO HÁ ANOS. SEGUE O EXTRATO DO TEXTO EM QUESTÃO:

    Há um símbolo bem interessante que nos foi apresentado pelo universo de Harry Potter criado por J. K. Howling. Lá, ele é nomeado como as relíquias da morte. Obviamente, não vou me prender à ficção literária em questão, até porque existem inúmeras incoerências outrossim verdadeiras hipérboles na obra. Doravante, apresentarei no próximo parágrafo informações sérias, embora bem concisas, acerca deste símbolo extraordinário.

    Existem muitas interpretações para este poderoso símbolo. No momento apresentarei uma que remonta ao misticismo judaico. Ei-la:
    O triângulo representa ora a capa de Elias, ora a Arca da Aliança. O círculo é uma referência à pedra utilizada por Davi para derrotar Goli-as e a linha reta na vertical refere-se ao cajado de Moisés por meio do qual grandes prodígios ele operou.
    ( IN: http://www.filologia.org.br/xviii_cnlf/cnlf/02/011.pdf ).

    CARO YURI, ESPERO PODER TER CONTRIBUÍDO CONTIGO!
    FRATERNALMENTE,
    PROF. ALEX SWANDER,Ms.L.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante! Obrigado pela contribuição Professor Alex.

      Excluir

Olá! Obrigado por fazer seu comentário!
Saiba que todos os comentários são responsabilidade e opinião dos seus autores e não do site.
Por favor evite ao máximo colocar links de outros sites a não ser que seja necessário, também não faça propagandas do seu site ou blog aqui.