Cabeçalho 2

sábado, 29 de junho de 2013

MacGregor Mathers

Samuel Liddell "MacGregor" Mathers (1854-1918) nome real do ocultista MacGregor Mathers está entre os nomes mais importantes quando se fala de ocultismo, infelizmente sua fama não é tão alta embora tenha trazido informações muito importantes e que simplificaram e desvelaram muitas coisas para o ocultismo ocidental.

Mathers traduziu muitos livros e textos que foram essenciais para os estudantes de ocultismo moderno, eram volumes em hebraico, francês e latim, alguns de muito difícil acesso na época, alguns deles são:

The Book of Abramelin - O Livro de Abramelin
The Kabbalah Unveiled - A Kabbalah Desvelada / A Kabbalah sem Véu 
Key of Solomon - A Chave de Salomão
The Lesser Key of Solomon  - As clavículas de salomão
Grimoire of Armadel - O Grimório de Armadel

Graças a sua tradução a Kabbalah pode ser melhor estudada pelos ocultistas, Dion Fortune deixa claro em seu livro The Mystical Qabalah - A Cabala Mística, considerado um dos melhores livros sobre o assunto, que recorreu algumas vezes aos escritos e traduções de Mathers muitas vezes.

Mathers participou de diversas ordens como a Maçonaria onde chegou a Mestre, fez parte da SRIA (Societas Rosicruciana in Anglia), mas é conhecido por causa da Golden Dawn, ordem que ele ajudou a fundar, após sua saída fundou o Alpha et Omega.

Existe também sobre ele uma confusão onde textos dizem que ele fez parte da Societas Rosicruciana in America, isso é um grave engano, não tem como ele ter feito parte pois ele viveu na Europa, se esteve em algum lugar da América foi por pouco tempo, repetindo, ele fez parte da Societas Rosicruciana in Anglia.
A SRIA se baseava em estudos mais fechados da Rosa Cruz e aberta apenas para Mestres Maçons.

A Hermetic Order of the Golden Dawn foi uma ordem que englobava diversos sistemas de magia, Mathers foi um dos fundadores e ajudou em muitas coisas na ordem, como por exemplo a organização do sistema de graus e rituais. Antes de tudo traduziu os documentos que serviriam como base para a criação dessa ordem. Algo muito interessante na época era a permissão de mulheres dentro da ordem e com direitos iguais, algo que não era muito comum na época.

A lenda de Mathers não acaba com sua morte, não existe evidência da forma que esse morreu, nem mesmo um documento como um atestado de óbito, sua esposa Moina Mathers disse que foi de gripe espanhola, e foi ela quem tomou conta da ordem Alpha et Omega até sua morte.

sábado, 22 de junho de 2013

Livros e Grimórios Antigos - Parte II

Eu escrevi um texto sobre Livros e Grimórios aqui e ficaram muitos "pontos sem nó", faltaram alguns detalhes simples e que podem tirar dúvidas das pessoas, então começamos a Parte 2 sobre Livros e Grimórios Antigos.

Página de Livro que Desconheço
Em primeiro lugar, você tem que levar em conta uma coisa: Quase nada que é raro em questão de livros chega na internet a ponto de virar "pdf" ou ficar disponível para download por ai, muito menos em relação a ocultismo e magia, falo por experiência própria, livros raros ou edições esgotadas são caras, alguns títulos nem são conhecidos pela maior parte das pessoas.

Também é muito difícil que alguém que tenha uma raridade em mãos vá fazer ou permitir cópias do livro, pelo simples motivo de que com o conteúdo dele espalhado por onde seja iria desvalorizar o livro, outro motivo é que fazer cópias estraga o livro, colocar numa máquina de fazer fotocópias muitas vezes vai exigir que a folha tenha contato com o vidro da máquina e isso podre estragar o livro, nem mesmo um scanner de mão pode garantir que a peça não estrague.

Na internet há muitos anos ocorre é a "venda de grimoriuns" em formato digital, isso sempre me chamou a atenção, afinal seria informação de "um livro" raro, se você lerem as descrições de algumas propagandas verão que dizem que original se encontra em uma bibliotecas da Europa, isso foi citado rapidamente no primeiro texto também: Grimórios Antigos.

Mas o que na realidade não é dito é que esses livros são traduções de livros que foram publicados em espanhol em forma de livros comuns como qualquer outro, dentro disso existem duas opções, ou alguém conseguiu o direito de copiar de bibliotecas e publicá-los, ou são apenas trechos de outros livros de ocultismo unidos em forma de um livro só e com o nome de grimórios conhecidos, a segunda opção é a que mais aceito. Foi um truque antigo das editoras, se vende um livro com o nome de um livro antigo e de difícil acesso e as pessoas pensando que poderão ter uma raridade em mãos compram sem pensar duas vezes.
Abaixo algumas capas de livros que são chamados de grimórios e vendidos assim, mas na realidade são livros comuns vendidos na Espanha, existindo uma possibilidade enorme de serem apenas cópias de falsificações, posteriormente as traduções deles foram vendidas aqui.





  • Enchiridion
  • O Grimório de Armadel
  • O Grimório do Papa Honório
  • O Grande Grimório
  • O Dragão Negro
  • Grimório Verum
  • Heptameron
  • Grimorium Imperium
  • Livros de Moisés
  • Grimório Secreto de Turiel
  • Arbatel de Magia Veterum
  • Livros de São Cipriano

Esses são nomes de grimórios que são comercializados como versões de cópias de bibliotecas da Europa porém, em sua grande maioria são apenas traduções de versões vendidas por editoras, alguns são apenas criados por pessoas com a intenção de vender por altos valores, então cuidado para não pagar caro por algo que pode devia ser barato.

Para finalizar vou explicar como é o processo de compra de livros raros, antigos e etc:

Vamos supor que quero um livro de 1880 (nem é tão antigo assim), eu já procurei por meios comuns mas não encontrei, ai que entra um tipo de livreiro diferente, eu dou o nome do livro e mais alguns detalhes para que ele busque, ele pode ver no próprio acervo dele, caso não tenha ele entra em contato com donos de sebos pelo Brasil e dependendo do idioma, livrarias de outros países. Outros colecionadores de livros também podem ser contatados dependendo do caso e antiquários também.

Obviamente o valor final vai ser bem elevado, muitos itens contam, a quantidade de ilustrações, carimbos, assinaturas do dono (caso for famoso), se for uma edição especial, tiragem, ano, etc.

Em breve uma terceira parte com mais algumas informação sobre grimórios e livros de ocultismo!

sábado, 15 de junho de 2013

Livros de Ocultismo - Como Escolher

Grande parte dos e-mails com dúvidas que recebo são sobre livros, qual é bom adquirir, qual é mais completo, etc.
Os livros são importantes, tanto os virtuais quanto os impressos, cada um tem sua preferência pessoal e não cabe a eu discutir aqui se impresso é melhor que virtual ou vice-versa, mas já que é um objeto que sempre gera dúvidas hoje vamos falar um pouco sobre livros e como escolhe-los.

O mercado de livros esotéricos, ocultistas e espiritualistas cresceu bastante, não sei sobre as vendas, mas o número de publicações cresceu, muitos podem discordar devido a pouca exposição que as obras tem, mas houve um crescimento sim, isso nem de perto quer dizer qualidade.  

Não é uma guerra declarada a livros novos, eles também são indicados, porém procurem os mais antigos e depois passem para os novos.

O principal motivo é que a maior parte dos que tem qualidade são antigos, não estou dizendo que todo livro antigo é bom nem que todo livro novo é ruim, porém, posso dizer que é mais seguro por diversos motivos, entre eles que ultimamente uma remessa de livros de baixíssima qualidade invadiu o mercado brasileiro, tanto com traduções mal feitas ou até mesmo de pessoas que não tem capacidade de escrever sobre o tema.


Livros Clássicos do Ocultismo

A dica é para quem está iniciando no estudo de ocultismo é procurar por livros de autores clássicos, e se puderem, edições antigas mesmo, até usada vale. Assim pelo menos você tem boas chances de ler livros de qualidade.

Também existe um pequeno truque que as editoras estão criando, colocando nomes de autores clássicos e consagrados em livros novos, mas apesar disso são apenas biografias ou pesquisas de outros autores e não obras dos mesmos, não que isso seja ruim, mas é apenas indicado depois que se lê tudo sobre o autor publicou, portanto sempre preste atenção antes de comprar um livro.

Existem outros motivos que eu indico livros antigos para quem é iniciante, os preços são mais acessíveis, quando digo antigos não me refiro apenas a usados, alguns são novas impressões de livros já antigos, e também valem.
Não existe problema em ter livros usados também, algumas edições de livros nunca mais serão impressas novamente isso faz que possuir alguns exemplares antigos é um privilégio que poucos vão ter futuramente.

sábado, 8 de junho de 2013

Magnetização de Líquidos

Muita gente mostrou que a água pode ser energizada, desde o padre ou pastor da tv que diz pra a vovó deixar o copo de água perto da tv, até o centro espírita que fornece água fluidificada para os visitantes.
Até mesmo o batismo da qual se mergulha a pessoa na água tem um ar muito mais ritualístico e antigo do que as pessoas podem imaginar, possivelmente começando com os egípcios.


Batismo no antigo Egito

Nessa imagem, vemos Thoth e Hórus batizando o Faraó, uma das mãos segura a jarra enquanto a outra tem a palma apontada para a jarra abençoando o líquido com vida, simbolizada como o Ankh.

Dando zoom vocês pode ver direito:


Batismo no antigo Egito ²


As técnicas de magnetismo sempre foram usadas, em meados de 1800 o método foi divulgado em livros e era utilizada por magnetizadores e até alguns médicos.

A água é um elemento que recebe facilmente energias externas, sejam elas boas, ruins ou de certa forma neutras. Sabendo que o corpo humano é mais de 70% de água podemos tecer algumas teorias.

Antes de mais nada é importante saber que a eficácia da prática sempre vai depender da capacidade da pessoa e do tempo que ela prática, como sempre vou passar a forma mais básica e simples, vocês vão poder adaptar da forma que quiserem.

Sem mais delongas, vamos a prática:

Pegue a água e deixe em um recipiente, fique em um lugar calmo, onde tenha certeza que não vai ser incomodado, eu indico que faça esse exercício antes: Estado Alfa.

Após estar acomodado, de frente ao recipiente transmita a energia que você quer passar, você pode escolher a forma, seja colocando as mãos próximas e visualizando a energia na cor que por intuição você achar melhor sendo transmitida para o líquido e esse recebendo as propriedades que você quer que ele tenha ou apenas usando uma palavra-chave para o que você deseja, por exemplo "Cura". Faça isso por alguns minutos.


Energizando a Água

Depois a água pode ser bebida, jogada em locais onde se acredita que é necessária uma limpeza energética (se magnetizada para isso), usada para se banhar, etc. Você pode usar sua criatividade e utilizar da forma que você precisar.

Se for algum problema se saúde por exemplo, pode pegar uma garrafa cheia de água, magnetiza ela para curar e beba durante o dia e vá fazendo isso diariamente até melhorar.

Qualquer dúvida, usem os comentários do post.

domingo, 2 de junho de 2013

Da Vinci's Demons - 1ª Temporada

Dia 16 de Abril aconteceu a estréia da série Da Vinci's Demons no Brasil, vendo as propagandas e a pessoa na qual seria inspirada a série achei que poderia ser bom assistir e escrever um post aqui sobre a série, infelizmente escrever sobre séries não é tão fácil como em filmes, pois há episódios que tem muita coisa para comentar e outros nada.

Da Vinci's Demons

A série se baseia em que pouco se sabe sobre a vida de Leonardo da Vinci (1452 – 1519) antes de certa idade, mas se acredita que ele já era um gênio desde sua infância, fora isso existem milhares de páginas de esboços e desenhos de invenções dele, logo pode ser que ele tenha vivido aventuras e ainda tenha tido uma vida muito produtiva enquanto jovem também.


Ídolo de Mitra
Mas isso não importa muito, o que achei que poderia ser aproveitada era a hipótese de que ele por ser um gênio talvez também tivesse feito parte de alguma ordem secreta ou iniciática, tendo acesso a conhecimentos que poucos na época teriam, afinal uma pessoa com tantos talentos com certeza poderia receber um convite para uma ordem, embora existam teorias como por exemplo as que aparecem no livro Código da Vinci, elas não são convincentes, pois estranhamento todos os guardiões na teoria eram todos famosos.

Podemos ver algumas coisas interessantes desde o começo, Da Vinci aparece usando ópio diversas vezes na série para ajudá-lo a organizar suas ideias, e diz que os sacerdotes egípcios usavam também.

E logo no primeiro episódio vemos uma ordem secreta, "Os Filhos de Mitra" que são guardiões do que é chamado de Livro das Folhas, um livro mítico que mostra alguns segredos da criação do universo.
Mitra é um deus solar que passou por diversas culturas, Persa, Greco-Romana e Indiana e que teve cultos em volta dele.

Um fato interessante é alguns dos nomes dos episódios são nomes de cartas do taro, apenas o segundo e terceiro que da qual o nome não tem a ver com taro, pelo menos não são arcanos de um deck que eu conheça.
Não sei quantos episódios serão filmados, até agora são esses listados abaixo:

01) O Enforcado (Arcano XII)
02) A Serpente
03) O Prisioneiro
04) O Mago (Arcano I)
05) A Torre (Arcano XVI)
06) O Diabo (Arcano XV)
07) O Hierofante (Arcano V)
08) Os Amantes (Arcano VI)

No decorrer da série vemos algumas coisas interessantes, Leonardo fala da geometria sagrada e algumas vezes se baseia na natureza para criar suas invenções.

Algumas vezes com uma simbologia muito interessante, por exemplo quando ele ao invés de fazer a ave columbina, cria uma ave semelhante a fênix, que no final da apresentação pousa em uma caixa de fogos de artifícios, representando a morte da mítica fênix, que se queima em seu próprio ninho para renascer.
Os nomes dos cidadãos famosos marcados na lista do Dragonetti são símbolos astrológicos, símbolos que tem significado não só na astrologia como também em outros campos como por exemplo alquimia.

A invocação dos filhos de Mitra é dita algumas vezes:

"Sou filho da terra e do estrelado céu, tenho sede, por favor, me dê algo para beber da fonte da memória."

Isso se refere a um culto ou até mesmo religião em volta do poeta Orfeu, algumas tábuas de ossos continham um texto semelhante onde se falava que a fonte da memória se referia a uma fonte chamada Mnemosyne que existia no submundo dos gregos, essa frase seria uma instrução para os mortos.

Abaixo o link para a continuação com a segunda temporada:

>>>>Segunda Temporada