Cabeçalho 2

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O que tem de Ocultista o filme Hellboy ?

Como o mesmo que ocorreu em Constantine, vou fazer uma análise do filme para mostrar algumas curiosidades interessantes do filme.

O que tem de Ocultista o filme Hellboy ?



Hellboy Poster .                                                                                                                                                                .
Hellboy é um filme de grande sucesso, lançado em 2 de abril 2004, recebeu alguns prêmios entre eles o de maquiagem.
O filme é adaptado nos quadrinhos de sucesso de Mike Mignola com o mesmo título, se você se interessar temos uma postagem inteira sobre a obra nos quadrinhos aqui.
Quem dirigiu o filme foi o famoso produtor Guillermo del Toro, que também dirigiu "O Labirinto do Fauno".
O filme chamou atenção até por ser um grande paradoxo, onde um demônio que veio para a terra ajuda as pessoas.
Nossa história começa na 2ª guerra mundial, aproveitando de muitas conspirações em volta desse grande acontecimento, já que o lado vencedor conta a história de sua forma e muita coisa podia ser omitida. 


Aqui alguns detalhes do filme e suas explicações:

De Vermis Mysteriis: No começo do filme é citado um trecho da página 87 do livro, esse é um grimorium ficcional criado por Robert Bloch, baseado no grande H.P. Lovecraft, que aparece constantemente quando se fala de literatura ocultista.

Sociedade Thule: Já no começo do filme é citada a sociedade Thule, a sociedade Thule realmente existiu, ou existe.
A sociedade Thule era/é uma ordem era mística secreta da Alemanha voltada ao estudo de ocultismo, segundo alguns Hitler fez parte dela, porém essa afirmação carece de provas, embora existam grandes chances.

Grigoriy Yefimovich RasputinRasputin: Rasputin também existiu, no filme ele é o homem careca que abre o portal.
Grigoriy Yefimovich Rasputin era meio que um conselheiro mágico da família real russa, foi vítima de tentativas de assassinato várias vezes mas conseguia escapar, acredita-se que ele conseguiu fazer grandes influências politicas.
Rasputin também é considerado um dos homens mais difíceis de matar da história, mas na história do filme ele não escapava, era realmente morto mas voltava do inferno e trazia um pouco do Diabo com ele.
Ele conseguiu uma boa reputação como ocultista depois de salvar o filho do Czar da Rússia de Hemofilia.
Foi considerado por muitos na época como alguém ligado ao diabo, atualmente é tido como uma figura santa em algumas igrejas da Rússia.

Estátua da Tumba: Um pouco antes de encontrarem o pequeno Hellboy, existe uma tumba com algumas imagens pagãs como do deus Pan e outros.
Tumba com Gato
Em cima do túmulo temos uma estátua de uma pessoa deitada, e entre seus pés uma estátua de gato que parece guardar o seu dono.
Na antiguidade principalmente no Egito gatos eram sepultados com as pessoas para que esses mostrassem o caminho no além, fizessem companhia, e também para protegê-los, além disso os gatos são seres místicos que segundo muitos podem ver os dois mundos, espiritual e material.

Símbolo do Departamento de Defesa e Pesquisa ParanormalSímbolo do Departamento de Defesa e Pesquisa Paranormal: É um símbolo bem interessante, se vermos os símbolos nele temos: uma espada, um triângulo e um círculo, aparecem em toda parte durante o filme, por exemplo no piso da Departamento e na fivela do cinto do Hellboy.
A espada, o triângulo e o círculo lembram o ritual de evocação de Salomão, da qual os demônios são controlados e fazem o que o magista ordenar.
O magista fica dentro do circulo e ordena com sua espada que o demônio faça o que ele quiser, o demônio evocado fica dentro do triângulo.

Absentia Luci Tenebrae Vincet: Na ausência de luz a escuridão prevalece, essa frase está escrita em latim no sagão do departamento.

Lança de Longinus: "Um soldado tomou uma lança e furou-lhe o lado, e saiu sangue e água. Novamente Jesus clamou com alta voz e entregou seu fôlego. E eis que a cortina do Santuário rasgou-se em dois, do alto a baixo, e a terra tremeu, e as rochas se fenderam"
 (Mateus - Cap. 27, Vs. 49/51)

Essa foi lança que perfurou  Jesus e foi banhada com seu sangue segundo a lenda quem a tivesse ganharia poder para ter o que quiser, segundo a lenda passou pelas mãos dos grandes líderes do mundo e que Hitler  teria sido o último a te-lá encontrado.

Abe Sapien: Professor Trevor diz que Abe Sapien tem um "Lobo Frontal Singular", após ele ler a mente do agente Myers, isso devido ao Lobo Frontal ser a região do cérebro responsável por poderes telepáticos, se quiser saber mais sobre Abe clique aqui.

São Dionísio, o AreopagitaSão Dionísio, o Areopagita: Na biblioteca é citada a estátua de São Dionísio, o Areopagita, onde estava guardada a essência de Sammael. 
São Dionísio escreveu um conjunto de texto místico-cristãos chamados de Corpus Areopagiticum
Ele dizia ser um ateniense convertido por São Paulo e o nome Areopagita vem de Areópago, tribunal supremo de Atenas, onde São Paulo fez uma pregação.  
Mais tarde Abe Sapien usa um relicário com um osso dele dado por Hellboy para afastar Samael. 
Uma curiosidade é que a igreja católica possui 22 santos com o nome de Dionísio.
 
Sammael: Sammael é encontrado na biblioteca, esse é um nome de demônio "popular", existem diversas referências em relação a ele, desde que ele é um anjo, um demônio que fez sexo com Lilith ou com Eva sendo o verdadeiro pai de Caim e muito mais, a diferença principal fica que o nome da criatura do filme tem duas letras "M".

Necromancia: A parte em que H.B, usa um amuleto para acordar um morto para lhe indicar o caminho correto no cemitério, nada mais é que um feitiço de necromancia comum do folclore, da qual se pergunta ao morto algo que deseja saber e ele responde.

Crucifixo: O crucifixo é um dos símbolos mais importantes do cristianismo, além disso também é considerado um objeto de proteção, ele aparece desde o começo do filme com o professor Trevor.
No final do filme quando Hellboy segura o crucifixo e fica marcado repara que tudo que ele era dependia das escolhas dele, pois o crucifixo nunca o tinha queimado, e fez isso naquele momento pois ele estava assumindo seu lado ruim.


Se você não viu o filme assista, também assista o Hellboy II, não sei se vou falar dele aqui , isso porque ele é muito diferente, mas mesmo assim é muito bom, quem sabe quando sair o Hellboy III, eu faço uma explicação da trilogia.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Os Anéis

No passado muitas pessoas não usavam os anéis apenas como ornamento, mas sim com motivos muito específicos.

"Os anéis são metais ou outros materiais encurvados na forma de círculos simétricos.
Esse formato faz com que o ciclo energético não escape.
Neles podem ser colados alguns objetos como pedras, cristais, marfim, esses que trariam uma energia diferente ao anel, cada um com sua qualidade especifica."

O mesmo ocorre com braceletes, tornozeleiras e diademas (desde que circulares).
Anéis feitos de vários círculos são supostamente mais eficazes ainda.
Outra coisa que também torna o anel mais poderoso seria que esse fosse consagrado por algum sacerdote ou pessoa capacitada ou em datas astrológicas favoráveis.

Alguns desses objetos passam por gerações.
Alguns eram usados como sinete, para quem não sabe sinete é uma peça usada para carimbar a cera derretida para selar cartas, ou novas instruções, mandados ou leis.
Como por exemplo o Anel do Pescador, o anel de sinete feito para cada novo Papa desde o século XIII.

Reza a lenda que os marujos acreditavam que usar um anel na orelha fazia com que sua vista melhorasse.
No passado era muito comum existir anéis para evitar doenças, trazer riquezas, proteções e outros benefícios.

Não podemos esquecer o famoso anel atlante, para alguns uma grande ferramenta de poder para outros grande jogo de marketing e ferramentas para ganhar grana.

Os anéis eram também usados para firmar algum compromisso como por exemplo a aliança, o motivo dela ser usada no quarto dedo é que existe uma veia que vai direto ao coração.


Recentemente a valiosidade dos anéis para os antigos foi retratada no livro e na trilogia do filme "Senhor dos Anéis", onde também são citados outros anéis, divididos para as diversas raças.




sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Não desperdice a Energia!

Não, não é nada com relação a ecologia ou salvar o planeta...

Já foi dito aqui que tudo é energia, de formas e vibrações diferentes mas é energia e então ela está presente em tudo, inclusive na gente.
Nós apenas não somos energia, como doamos e absolvemos energia, constantemente em forma de troca, seja com seres vivos ou ambientes.
Quando nós dirigimos nossa atenção para algo essa coisa recebe energia...
Isso ocorre com as pessoas, em pequena quantidade, sabe aquele palhaço da sua classe que adora chamar atenção?
Ele não trabalha de graça, toda atenção que recebe é um pouco de energia, por isso algumas vezes chamar a atenção acaba por ser um vicio.


Você não gosta e se sente mal em lugares muito lotados? 
Pode ser que você tenha sensibilidade energética e sinta a energia das pessoas e como algumas pessoas tem energia densa então isso te faz mal.

Tudo que nos fazemos gasta energia, essa energia as vezes pode ser usada para coisas melhores.

Exemplificando, algumas vezes perdemos tempo com raiva, medo ou até ansiedade, isso é puro gasto de energia, cada sentimento desse acende uma lâmpada, cada uma de uma cor, que consome energia, quem é clarividente, pode ver esse efeito, pois ele remete nossa aura.

Esses desperdícios, podem ser gastos com outras coisas, nem que seja para um minuto de reflexão, uma conversa consigo mesmo ou fazer algo que estimule a criatividade.

Como evitar isso?
Com Auto-Observação.

Mas isso é assunto para outro post, bom fim de semana.

Links Mayhem

- Teoria da Conspiração - Michelangelo, Yod-Heh-Vav-Heh e Deus

- Tudo sobre Magia e Ocultismo - Hecate

- Jedi Teraphim - O simbolismo da Rosacruz

- Idéia Biruta - Algo Pensa

- Textos para Reflexão - 4 Amores (Parte 2)

- Artigo 19 - Fabula Cherokee dos dois lobos

- Universo Paralelo - O Monstro

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Carlos Castaneda

Carlos Casteneda
Carlos Castenda JovemAcredito que todo mundo que estudou ocultismo nem que seja por alguns meses ouviu falar dessa figura.
Ele causou polemicas não só no mundo "profano", como também no esotérico , devido aos detalhes que expôs de suas aventuras.
Carlos Casteneda era um antropologo, ele tem 12  livros seus publicados, em forma de autobiografia da qual ele cita experiências que passou junto com um xamã yaqui chamado Don Juan Matus (Lê-se Ruan), no México. 
O mais famoso de todos os livros foi "A Erva do Diabo", seu primeiro livro que se tornou best seller.
Basicamente suas obras tratam de estados alterados de consciência pelo uso de plantas alucinógenas conhecidas como plantas de poder.
Segundo ele as plantas de poder muitas vezes tratadas como entidades por Don Juan, eram usadas para ver o mundo de uma forma diferente e até ver outros mundos, principalmente o Peiote e a Datura conhecida com a Erva do Diabo.
As obras de Castaneda são muito relacionadas ao Xamanismo, tanto que Don Juan era um Xamã, porém a denominação comum da região era Brujo.
Seus relatos fizeram muito sucesso e Castaneda se tornou milionário apenas com o lançamento de seu primeiro livro.
 

Após o lançamento de seus outros livros as pessoas começaram a investigar , se realmente os fatos ditos por ele ocorreram , e se até mesmo se Don Juan realmente existia ou existiu.
Muitos fatos indicaram que tudo poderia ser criação dele, como por exemplo que citações de Don Juan eram encontradas em livros, outro fato era que Castaneda escrevia perfeitamente tudo que Don Juan dizia e apesar de ter um gravador aparentemente não o usava constantemente, mas em muitos casos ele não podia anotar tudo e teria que ter uma excelente memória para lembrar de tudo.

Também as diferenças de humor e jeito de ser de Don Juan de um livro para outro e até no seu método de ensino foram identificados.
Outro fato era que os Yaqui não utilizavam o peiote em seus rituais e boa parte das histórias tinham relação com o peiote.
Além disso muitas pessoas não ficaram contentes com o trabalho de Castaneda, seus livros influênciaram muitos os hippies e muitas pessoas foram em busca do precioso peiote, o que trouxe leis com relação ao uso da planta e que também trouxe problemas aos nativos que faziam o ritual de "caça ao peiote" e eram incomodados por aventureiros e mais tarde algumas vezes até tido como criminosos , já que foram criadas leis em relação ao seu uso.


Bem mais tarde foi descoberto que Castenda começou a fazer algo semelhante a uma seita, com promeças de poder e de evitar a morte carnal e ao invés dela virar uma coluna de luz e partir para outra realidade, como Don Juan.


Castenda morreu em 1998, com câncer de figado (não virou luz do modo que prometeu), e teve ainda mais livros publicados após morrer.
E com o tempo muitas provas de que Carlos Castenda havia criado tudo começavam a aparecer, como por exemplo entrevistas com pessoas da região que o conheciam, e que deixou parecer que ele somou suas experiências e conhecidos em uma só.
Ou seja ele realmente vivenciou grande parte daquilo tudo porém mudou o modo de contar, aparentemente ele teve contato com vários grupos e juntou todas informações.

Mas boa parte desses fatos ainda são desconhecidos pelo público.


Capa do Livro: Uma Estranha Realidade
Ainda assim, boa parte dos ensinamento de Carlos Castenda são úteis, por exemplo sobre o Guerreiro e seus atos, coisas ditas que marcam gerações até hoje, e que são lembrados por grandes nomes como Paulo Coelho por exemplo, que possivelmente colocou a capa do livro "Uma Estranha Realidade", no clipe Gita de Raul Seixas.










Seus livros publicados até o momento foram:

A Erva do Diabo (1968)
Uma Estranha Realidade (1971)
Viagem a Ixtlan (1972)
Porta Para o Infinito (1975)
O Segundo Círculo do Poder (1977)
O Presente da Águia (1981)
O Fogo Interior (1984)
O Poder do Silêncio (1987)
A Arte do Sonhar (1993)
Readers of Infinity: A Journal of Applied Hermeneutics - 1996)
Passes Mágicos (1998)
O Lado Ativo do Infinito (1999)
Roda do Tempo (2000) 

domingo, 21 de agosto de 2011

Abe Sapien

Abe SapienNão muito valorizado Abe Sapien é uma das personagens mais interessantes do mundo dos quadrinhos.
Ele faz parte da Bureal de Pesquisas e Defesa Paranormal no universo da obra Hellboy e atua como parceiro dele.
Abe Sapien é uma mistura de homem com anfíbio, além de ter as capacidades que qualquer anfíbio tem como respirar na água e rápida regeneração, também habilidades psíquicas muito desenvolvidas.

Quem estuda ocultismo pode ver a ligação com a elemento água  já que esse é o elemento ligado a sensibilidade e poderes psíquicos.


Abe nem sempre foi assim, já foi um homem rico na era Vitoriana chamado Langdon Everett Caul envolvido com uma seita chamada "Oannes Society" da qual acreditavam que toda a vida e sabedoria eram vindas do mar.

Após um ritual arcano mal sucedido ele acaba por ser transformado nessa criatura, então os membros da ordem o colocam em um tubo de água, onde ele ficou adormecido por décadas.
O esconderijo era um laboratório em Washinton, durante a guerra os membros da seita ficaram impossibilitados de ir até lá, logo depois foi construído um hospital no local e os trabalhadores encontraram Abe.
A estranha criatura foi batizada de Abraham Sapien, graças a um pedaço de papel com a data do assassinato do famoso presidente Abraham Lincoln, 14 de Abril de 1865, e Abe é a abreviatura de Abraham, embora seja chamado de Ictio Sapiem, como se fosse o nome da sua espécie.

Apesar de ter sido transformado, ele não se lembra de sua vida passada.

A escolha do local não foi coincidência, Washinton é uma cidade fundada por maçons, da qual tem muitas lendas relacionadas.
Após ser encontrado por alguns encanadores a Bureal de Pesquisas e Defesa Paranormal foi chamada lá, foi a primeria vez que ele viu Hellboy enquanto cientistas faziam testes com ele, Hellboy fez os cientistas pararem dizendo que eles nunca acabam até alguém dizer basta.
Segundo Abe ele foi a primeira coisa que não era assustadora que viu.

Abe ficou muito conhecido depois do lançamento dos filmes de Hellboy, foi interpretado por Doug Jones.

Abe Sapien e Neil GaimanJá citei as qualidades/habilidades dele, mas enfatizando algumas, ele possui psicometria que é a habilidade de ver rastros psíquicos em objetos, ou seja, pode ver o que aconteceu com o objeto apenas o tocando e também tem o poderes telepáticos.


Além disso tem uma capacidade de raciocínio muito grande e é um excelente atirador.

Postei isso pois em as histórias da série Hellboy são cheias de mitologia,  assuntos espíritas e ocultismo puro, mas isso já foi enfatizado em Hellboy.



sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Mandrágora

Mandrágora Mandrake
Mandrágora (Mandragora officinarum) é um vegetal muito conhecido no mundo místico.
É muito difícil saber o real significado do nome da planta o mais conhecido é vindo dos gregos que é "Fruto do Amor".
Mandrágora MandrakeMandrágora Mandrake FruitUm dos detalhes mais interessantes em relação a planta são suas raízes que conforme crescem criam uma bifurcação o que acaba aparentando duas pernas, e outras raízes os braços, o que em alguns casos faz a raiz ter a aparência de um corpo humano.
Vemos ela ser citada duas vezes na bíblia em: Gênese 30:14-15, onde Raquel troca com sua irmã Lia o direito de dormir com Jacó por um dia em troca de frutos da mandrágora.

E também em Cântico 7:14-14

"Vem, meu amado, vamos ao campo,
pernoitemos sob os cedros; madruguemos pelas vinhas,
vejamos se a vinha floresce, se os botões estão se abrindo,
se as romeiras vão florindo: lá te darei meu amor...
As mandrágoras exalam seu perfume;
À nossa porta há de todos os frutos:
Frutos novos, frutos secos,
que eu tinha guardado,meu amado, para ti".

 

Desenho Medieval da MandrágoraA mandrágora pode ser encontrada em diversas partes do mundo.
Tem forma de erva uma raiz meio que parecida com uma batata, que cresce como citado acima, bifurcada.
Dá flores e tem pequeno frutos, que lembram um pouco o jiló ou tomatinhos e exalam um aroma um pouco ruim.

Sempre foi uma planta muito valorizada, quando a raiz chegou a Inglaterra era vendida por 500 libras, mas no passado ter porte de uma planta dessas poderia ser prova de que a pessoa praticava bruxaria e podia ser morta.

Os antigos magistas possuíam figuras esculpidas com a mandrágora ou com elas em vasos, supondo que as tendo em casa poderiam atrair diversos benefícios como proteção e prosperidade.
Eles tratavam a raiz como uma criatura animada, acreditando que essas podiam até predizer o futuro.
Em outros casos a raiz esculpida serviria para abrigar um espírito.

Vemos a mandrágora em alguns filmes como O Labirinto do Fauno e no filme Harry Potter por exemplo onde as mandrágoras gritavam após serem retiradas das vasos, isso é referente a uma lenda medieval da qual a raiz devia retirada por um cão negro caso contrário seu grito poderia matar quem a tirasse, então a pessoa amarrava um cão na planta e usava de algum método para que o cão arrancasse a planta como jogar um pedaço de carne longe, para o cão pegar.

Ou segundo outra lenda a planta deveria ser retirada delicadamente, caso um pedaço da raiz quebrasse ela ia gritar deliberadamente.

Mandrágora do Filme o Labirinto do FaunoA fama dessa planta também é devido as supostas capacidades que ela possui como cura para esterilidade, cura para loucura, propriedades narcóticas, anestésicas, afrodisíacas e alucinógenas, além de propriedades homeopáticas, exorcizantes e venenosas.
Lembrando que essas são supostas propriedades, não sendo possível da minha parte dizer qual é realmente verdadeira, em outros casos, com relação a preparos especiais da qual uma pequena quantidade de veneno podia ser um remédio.


Achei interessante expor o assunto por diversos motivos, entre eles para conhecer um pouco da história dessa planta que deve ter muitas outras qualidade importantes que os antigos sabiam e nossos cientistas só vão descobrir daqui alguns anos.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Porque é Importante Estudar Muitas Coisas

O ocultismo tem muitos caminhos, e o estudante pode encontrar milhares de assuntos para estudar e se especializar, na maior parte das vezes procurando assuntos que possam lhe trazer algum tipo de beneficio ou outra coisa interessante.
Acredito ter dito algumas vezes que é bom definir um assunto para começar a estudar, isso é óbvio, mas muita gente acaba por não fazer, e fica pulando de galho em galho.
Mas vamos supor que você já estudou sobre um determinado assunto e já o conhece bem, ai pode chegar um momento propício  para estudar mais um assunto.
Estudar mais de um assunto pode se tornar complicado, mas basta dividir o tempo 30% para o que você já conhece mas quer se especializar e 70% para o novo assunto que você vai conhecer.

Não quero dizer que estudar ocultismo é algo semelhante a estudar em uma escola, pois isso pode ser tornar extremante desprazeroso e não existe relação muito próxima com isso.
O estudo sério pode se basear em uma leitura, uma reflexão do que você leu e entendeu e mais tarde formar um conceito seu sobre o assunto, coisa que alguns fazem automaticamente.

Estudar dessa forma organizada e dividindo o tempo que você utiliza ajuda a pessoa a conseguir uma boa bagagem de conhecimento em pouco tempo.

Mas o título diz "Porque é Importante Estudar Muitas Coisas", existem vários motivos, mas o principal mesmo é que muitas vezes uma coisa pode completar outra, algumas vezes as ligações são óbvias outras necessitam de muito tempo de estudo profundo, mas quase tudo tem uma ligação e uma das tarefas mais importantes é encontrar ligações em coisas, até ver que tudo parte de um mesmo conceito inicial.

Um bom exemplo é Estudar egrégoras e depois estudar sobre deuses da antiguidade e procurar alguma relação (Esse é um exemplo, mas serve como dica).

sábado, 13 de agosto de 2011

Hécate

 hécate lucifera mitologia deusa tríplice morteHoje é 13 de Agosto dia do festival para Hécate.

Ela é uma deusa muito relacionada a magia e rituais, algumas vezes com o lado noturno, negro e da morte, embora com o tempo sua representação e significados acabaram são muito amplos.
Também é fortemente conhecida como a deusa tríplice  a Virgem, a Mãe e a Senhora em simbologia com o tempo, alguma vezes em conjunto com Ártemis e Deméter ou com Perséfone.
Outras vezes também representada como Donzela e não Mãe, mas ainda alusão as fases mais importante da vida da mulher.


A origem do nome Hécate gera dúvida até hoje, para alguns pode até vir da língua egípcia como Hekat, que significa "Toda Vontade".

Podemos ainda ver várias outras deusas com a mesmos atributos, tanto para os Egípcios, Gregos, Celtas e Romanos.
Ela também é a deusa das encruzilhadas e deusa das bruxas, corresponde a tantas coisas devido as pessoas e o tempo que fizeram a percepção em relação a ela mudar, isso ocorre mais do que se pensa, por exemplo vários deuses pagãos foram transformados em demônios pelos cristãos na passado.
Ou seja a deusa acaba por representar e ser vista de diversas formas, então não estranhe se você ver versões diferentes das que você leu ou em outro lugar, deuses são como Deus, cada um vê do modo que quiser ou entender, ainda mais uma deusa com aspecto tão amplo acaba pro ser entendida de diversas formas e procurada para diversos objetivos, por exemplo, para alguns ela não representa a morte, uma visão teria sido criada pelos colonizadores, e hoje é vista como a morte no sentido de renovação.

Ela é também é conhecida como:

  • Aquela que fica a frente do portão
  • Deusa da Noite
  • Deusa Tlíplice.
  • Deusa das Encruzilhadas (de 3 caminhos)
  • Rainha das Bruxas
  • Rainha dos Mortos

Templo de Hécate
Um dos poucos templos encontrados
Uma das coisas que fazem ela ser uma deusa tão misteriosa ou mal compreendida é que não existem muitas informações dela em relação a Grécia, pois poucos templos foram encontrados e boa parte das suas representações são romanas, para quem não sabe quase todo deus grego tem uma representação romana.
Reza a lenda também que colocam estátuas com 3 faces dela  nas estradas de 3 caminhos, uma face para cada caminho.


Como foi dito acima seu festival ocorria no dia 13 de Agosto, mas também haviam comemorações dia 30 de Novembro.
Em Roma todo dia 29 era dedicado a ela, onde ela era chamada de Trivia, nome com relação a trindade.

Dizem que a mariposa é o sinal de Hécate, fique atento(a) caso ver uma.


Conheça também o Dicionário de Mitologia.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O Bolo de Aniversário

Bolo de AniversárioEu os adoro, só não gosto se for aquele com glacê e pedaços de abacaxi, ecá!

E falando nisso os bolos de aniversário são mais pagãos do que se pensa.
O bolo na verdade era uma homenagem a deusa uma grega muito importante Ártemis, deusa da caça, lua, fertilidade e maternidade, e que  mesmo sendo a deusa da caça era também a protetora dos animais silvestres e sempre estava acompanhada por eles, uma deusa que conquista adeptos até hoje.

Ela usava um arco que além de representar o símbolo da caça também faz referência a uma fase da lua.
O bolo redondo era uma forma de representar a lua e as velas a luz dela.

Ele não era muito parecido com o bolo de hoje, era uma simples mistura de massa de pão e mel e que era levado ao templo da deusa em Éfeso, um templo que aliás era uma das 8 maravilhas da antiguidade.

Depois de algum tempo o bolo começou a ser usado na comemoração o aniversário das pessoas, o bolo nada mais seria que uma oferenda ao deus que protegia a pessoa e a vela fazia parte da ritualística e sua fumaça levaria seu pedido aos deuses e também um modo de agradecer por mais um ano de vida.

Uma curiosidade é que boa parte dos cristãos rejeitavam a comemoração de aniversários por ser um costume pagão e só depois de um bom tempo aderiram ao costume e o natal ajudou nisso.

Mais tarde o costume reapareceu na Alemanha, onde a criança era acordada no dia do aniversário para assoprar as velas do seu bolo, 1 para cada ano, representando a luz da vida.

Uma observação é que as velas antigas podiam produzir mais fumaça ao serem apagadas, ou até quando acessas, por isso a questão de que a fumaça da vela levaria o pedido da pessoa ao seu deus.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Magick

Aleister Crowley: MagickMagick foi um termo escolhido para designar a magia que causa mudanças no universo, diferente da magia do ilusionismo.
Quem tornou termo muito conhecido foi o famoso mago Aleister Crowley, já que no inglês magic pode se designar aos dois "tipos" de magia real e de ilusionismo como por exemplo, o clássico tirar coelhos da cartola.
Adiantando um pouco, você vai encontrar algumas vezes o termo magick na nossa língua, tudo depende de quem escreve.

Na teoria nós temos as palavras Magia (Real) e Mágica (Ilusão) para diferenciar, embora alguns escrevam Magick ou até mesmo Magika, Magicka e já cheguei a ver Magia(K), para representar a magia.

Algumas fontes consideram Magick também como o sistema de magia de Crowley, outros não já que a palavra Magick era encontrada em obras existentes antes de Crowley nascer e aparentemente o termo vem do inglês primitivo, e também vale lembrar que a Thelema era o sistema dele, além de ser quase que um modo de viver, acredito que a confusão tem relação com a tradução de suas obras também, isso ocorre muito em relação a livros.


Atualmente no inglês muitos sistemas de magia são escritos com K, por exemplo Dragon Magick, Celtic Magick, e também os encontramos escritos sem o K.
Ou seja, não é regra o uso de K no inglês, então use como desejar!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

5 Dicas para Quando Temos Pouca Informação Sobre o Tema

Já falei sobre pesquisas, não escondo que na minha opinião quem não sabe pesquisar não vai para frente.
Mas é verdade que alguns temas são muito complicados de se aprofundar, mas nem todos são impossíveis de se especializar e aprender sobre eles.
Complementando a postagens sobre pesquisas, vou passar 5 dicas básicas de como encontrar alguns assuntos complicados, se isso tudo não for novidade para você.


1) Outras Línguas

Atualmente temos acesso a tradutores de qualidade na web, isso ajuda pois infelizmente muitas vezes informações estão acessíveis em outras línguas, vou dar um exemplo simples e que vai fazer você entender melhor.
Edward Kelly foi um ajudante de John Dee importante ocultista, se você for fazer uma pesquisa sobre ele você encontra na Wikipédia essa quantidade nossa língua: Português
Agora veja a quantidade de informação na Wikipédia em inglês: Inglês
Não estou dizendo que a pesquisa é apenas usar o Wikipédia, mas sim para você ter uma ideia simples de como as coisas são!


2) Outros Nomes

Muitas vezes basta procurar com outros nomes, no ocultismo muitas coisas ou assuntos tem vários nomes, por exemplo larvas astrais também são conhecidas como larvas etéreas.
Ou por exemplo Tulpas e Formas de pensamentos, que apesar de serem um pouco diferentes as vezes são associados juntos.


3) Livros

Muita informação sobre esoterismo, magia e afins as vezes vem de livros específicos, algumas vezes vale a pena comprar um livro.

4) Peça Ajuda

Não tem nada de errado em pedir ajuda.
Muitas vezes coisas importantes do que aprendemos é passado pelo método milenar "boca a boca".



5) Mude a Estratégia

Se nada deu certo faça o contrário de tudo que você já fez, isso pode incluir sair da frente do computador e procurar uma biblioteca, escrever um e-mail ou até uma carta.


Espero que gostem, a primeira vista essa postagem pode parecer sem importância mas acredito que pode ajudar você em algo.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ocultismo e Autoconhecimento

"Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo" Inscrição no oráculo de Delfos, atribuída aos Sete Sábios (c. 650a.C.-550 a.C.)

Uma das formas do homem conhecer a si mesmo é pelo ocultismo, um caminho que a pessoa mesma deve percorrer e que não tem um "mapa" exato, nem nenhuma coisa garantida.

O ocultismo sendo o estudo das coisas da natureza e do invisível e de como essas coisas funcionam, acaba por se restringir ao todo, ou seja não tendo restrição, pois também estuda a mente, e cada mente é um universo isso faz o ocultismo ser algo muito importante, algumas vezes desconhecido pelas pessoas e tido como algo ruim, isso tem um motivo simples, as pessoas tem medo do que não conhecem.

Particularmente eu encontrei muitas respostas quando comecei a estudar o ocultismo, na maior parte respostas para dúvidas que eu não tinha e quem sabe um ganhei um entendimento melhor do mundo.
Entender que nós não somos vítimas do destino por exemplo, é um grande passo e muda tudo, ainda mesmo que muitas pessoas saibam que não são fantoches do destino elas não poem em ação esse entendimento.

Um dos problemas é que muitas vezes as pessoas pensam que o ocultismo serve só para produzir efeitos sobrenaturais ou nos tornar super-humanos na concepção física, porém 90% das vezes mal percebemos as mudanças que ocorrem e boa parte delas são espirituais.


Não existem promessas embora eu acredite que quem pegue a essência possa aprender coisas valiosas para o resto da vida e quem sabe além dela.


Que ninguém sabe tudo e que ninguém é dono de toda verdade é outra coisa que acabamos por aprender, pois são tantas informações e opiniões, que quanto mais aprendemos, mas vemos que não sabemos nada.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Livros da Magia

Livros da Magia é uma série criada por Neil Gaiman, que apesar desse nome tem um enredo diferente.
A história gira em torno de Timothy Hunter, que durante a série é chamado de Tim, em um dia normal ele é abordado por 4 homens estranhos e diferentes mas igualmente enigmáticos que perguntam se ele acredita em Magia.
Esses 4 não são qualquer um, são alguns dos personagens místicos mais "poderosos" do universo DC, Doutor Oculto, John Constantine, Mister Io e Vingador Fantasma.

Segundo eles Tim pode ser o mago mais poderoso do mundo na sua época e a missão deles é apresentar o mundo da magia para ele, e também de certo modo dar um empurrão para ele ir para o lado do "bem".
Cada um dos 4 leva Tim para uma viagem diferente, para o passado e futuro , para outras dimensões e para conhecer o lado mágico do mundo , por exemplo ele conhece o mago Merlin quando adolescente, e também um ex morador de Atlântida.


Vê o começo do mundo, uma época em que os demônios dominavam a terra, a queda dos anjos e de Lúcifer e muito mais. Até o ponto da extinção do ser humano e o nascimento de uma nova raça totalmente diferente e finalmente a Morte, fechando as portas do universo.
Tim também conhece rapidamente o reino dos sonhos e também Morfheus (Sandman).
A série também mostra o começo da magia, em apenas uma imagem mostra a "descoberta" da magia pelo homem primitivo e para outras culturas.
Também trazendo conceitos para serem refletidos como o que é o futuro e como ele é uma variavel.
E onde a ideia de "Bem" e "Mal" é bem explorada e vemos que na essência isso não existe.
Ainda mostrando um futuro onde Magia, Tecnologia e Ciência  são as mesmas coisas, conceito parecido com que eu já falei aqui no Blog.

Um fato muito interessante é que boa parte das pessoas ou entidades que Tim conhece durante suas aventuras dizem para ele não seguir o caminho da magia ou cada um tem uma opinião muito diferente do que é magia.


 Por parte essa série também faz uma espécie de resgate , mostrando personagens místicos do universo DC , que estavam um tanto esquecidos e que muita gente nem conhecia.
Entre eles Alguns como: Boston Brand (Deadman), Zatara, Zatanna filha de Zatara, Dr Destino (Da DC), Espectro e outros que aparecem bem rápidamente como o demônio Etrigan.
 
Uma curiosidade que você pode ter percebido é que Tim é muito parecido com Harry Potter, na verdade é muito parecido, isso fez muita gente indagar se Harry Potter não teria sido um plágio ou pelo menos sido baseado na obra, já que além de ser parecido tem a aparentemente a mesma idade e até também possui uma coruja branca.
Porém Neil Gaiman durante uma entrevista disse que foi apenas coincidência, já que o estilo de "Jovem Bruxo" é comum na literatura inglesa.

Como foi dito a série se divide em 4 partes, cada uma com um desenhista diferente.
  • O Labirinto Invisível
  • O Mundo Das Sombras
  • A Terra Do Crepúsculo 
  • Estrada Para Lugar Nenhum 

O sucesso foi tanto que ele ganhou uma série só dele, e hoje é um nome conhecido da Vertigo Comics.
Teve 75 edições fora extras, assim como outros títulos da Vertigo.

Durante a viagem Tim fala com muitas pessoas, e percebe que cada pessoa tem uma visão e uma opinião diferente sobre magia, algo que se você está começando a estudar vai ver muitas vezes.