Cabeçalho 2

sábado, 12 de agosto de 2017

Assim na Terra Como no Inferno

As Above, So Below é um filme mockumentary de 2014, veio para o Brasil com o título "Assim na terra como no inferno". O filme em forma de documentário têm como protagonistas a pesquisadora Scarlett Marlowe que busca a lendária Pedra Filosofal, o objetivo principal da alquimia medieval, uma pedra que transformaria metais em ouro, teria poderosas propriedades curativas e também seria um elixir da vida eterna. Após seguir várias pistas ela descobre que a está nas Catacumbas de Paris.

As Above, So Below





















Abaixo vou indicar algumas referências que encontrei, então cuidado com Spoilers!

A ideia de traduzir o título do filme As Above, so Below para "Assim na terra como no inferno" foi péssima, o nome em inglês faz uma alusão ao princípio hermético da correspondência: "O que está em cima é como o que está embaixo."

Scarlett, o nome da protagonista não é nada mais do que a palavra Escarlate, que significa "vermelho vivo", uma clara alusão a pedra filosofal.

A Pedra Filosofal como foi dito é o objetivo fundamental da alquimia, as lendas dizem que Nicolas Flamel, ou Nicolau Flamel foi quem conseguiu criar a mesma, ele viveu entre 1330 e 1418 na França, inclusive existe uma rua em sua homenagem, porém, é difícil saber onde termina o mito e começa a realidade. Pelos livros atribuídos ao mesmo surgirem centenas de anos após suas morte, muitos dizem que o mesmo nunca praticou realmente alquimia, que os livros se tratam apenas de traduções de outros livros que foram creditados a ele. Flamel era rico principalmente devido a um casamento com uma mulher duas vezes viúva de muitas posses e o trabalho como escrivão e livreiro juramentado, suas doações para a igreja e caridade fizeram que o mesmo fosse lembrado por muito tempo, até começarem a surgir livros supostamente escritos pelo mesmo.

As catacumbas de Paris são um um complexo de túneis, resultado a exploração calcário. Quando ocorreu uma superlotação de cemitérios e os restos mortais em excesso estavam causando doenças, várias medidas foram tomadas, uma delas foi transportar alguma ossadas para os túneis.
Nada indica que existam tesouros ou alguma coisa relacionada com os templários a não ser livros de ficção.
                                                                                                                                                                   
O escaravelho entalhado surge no momento que eles encontram um local sem saída, na realidade é uma das piores partes do filme, pois a correlação de "escaravelho" com "armadilha" não possui sentido algum. O escaravelho era um símbolo muito presente na cultura egípcia, o deus egípcio Khepri, é representado com a cabeça de um escaravelho.

Escaravelho

Após deduzirem que existe um enigma e pegarem a pista na anotação do livro, é comentado sobre os 7 planetas astrológicos: Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno.
Apesar de ser um filme sobre alquimia, e a protagonista ser especialista no assunto, não é feita nenhuma observação sobre os 7 planetas terem uma correspondência com os 7 metais da alquimia.

Ouro = Sol
Prata = Lua
Mercúrio = Mercúrio
Cobre = Vênus
Ferro = Marte
Estranho = Júpiter
Chumbo = Saturno

Os 7 Planetas

A gravura do homem e seu reflexo é conhecida por aparecer nos livros do ocultista Éliphas Lévi, como é explicado no filme é um símbolo para representar o microcosmo e o macrocosmo. É chamada de selo de Salomão e exemplifica de maneira perfeita o princípio hermético da correspondência.

Está escrito em Latim:
QVOD SVPERIVS - MACROPROSOPVS  (Superior Macrocosmo)
QVOD INFERIVS -  MICROPROSOPVS   (Inferior Microcosmo)



V.I.T.R.I.O.L é a abreviação da frase em latim:
Visita Interiorem Terrae, Rectificando, Invenies Occultum Lapidem.
Visita o Centro da Terra, Retificando-te, encontrarás a Pedra Oculta.


Para alguns essa frase é um enigma referente a criação da pedra. É uma frase encontrada nos livros de alquimia e nos rituais de algumas ordens iniciáticas, para alguns isso mostra que a pedra filosofal não é um objeto, mas sim a ideia de busca constante de aprimoramento interno, por meio disso o homem que é "Chumbo" se transformaria em "Ouro", mostrando que a parte da alquimia que busca a pedra filosofal seria algo espiritual. E é o que Scarlett faz, a retificação não seria só devolver a pedra, mas sim se retificar consigo mesma por se culpar pelo suicídio do pai, após isso ser feito ela consegue realmente ter o poder da Pedra Filosofal.

A inscrição "Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" está entalhada em um arco que é a entrada do inferno no livro a Divina Comédia e não é presente em nenhuma mitologia como diz Scarlett.


Infelizmente existem algumas inconsistências históricas como a criação dos túneis que eram minas de exploração de calcário que era usado para a criação dos edifícios de Paris não bate com a época do nascimento de Nicolas Flamel, que nasceu quando os Templários já estavam próximos de serem extintos, embora isso possa ser flexibilizado sem problemas dentro de um contexto mais conspiratório.
O filme também deixa de aproveitar a rica simbologia da alquimia, algumas vezes preferindo colocar gravuras egípcias sem contexto ou base, além de pecar em não aproveitar em quase nada a referência da frase na entrada do inferno escrita em a Divina Comédia, pois poderia assim, fazer os túneis mais semelhantes aos círculos infernais descritos no livro.

sábado, 15 de julho de 2017

Ekeko

Pouco conhecido Ekeko é uma divindade da prosperidade e abundância que surgiu na época pré-colombiana, seu nome vem de variações de Equeco, Ekhako ou Eqaqo.

Ekeko é um autêntico deus da sorte e prosperidade, muito popular na Bolívia e em alguns países próximos como Argentina, Chile e sul do Peru. Ekeko é representado como um homem quase normal com bigode, suas pequenas estátuas são tidas como símbolos da sorte, nelas ele aparece com roupas típicas da região, como o poncho e carregando com eles várias sacos e cestas, dentro desses existem grãos, como o milho, símbolo da fartura.  Algumas variações apresentam o mesmo carregando outros objetos, como o violão, flauta e bens materiais. Também existem versões mais modernas onde Ekeko é representado vestido como um homem de negócios, usando terno e também cheio de objetos consigo.

Ekeko

Algumas imagens dele possuem a boca aberta, assim quem deseja sorte acende um cigarro e coloca na boca dele como oferenda. Também são ofertadas notas de dinheiro. Prosperidade, fertilidade, sorte, boa colheita, e coisas relacionadas são as bençãos que Ekeko trás.
É muito comum que pessoas do Bolívia tenham uma imagem pequena de Ekeko em suas casas e lhe ofertem dinheiro e cigarros, Ekeko não só atrai a sorte, como afasta coisas ruins. Se o cigarro for queimado inteiro é bom sinal, caso contrário, é sinal de algum infortúnio.

Ekeko tem um festival onde é cultuado, é o festival é chamado de Alasita e ocorre em La Paz, Bolívia todo ano em 24 de Janeiro, pessoas de muito longe vão lá para comprar miniaturas do Ekeko, junto do Ekeko colocam miniaturas de coisas que querem com o objetivo que todos os objetos e bençãos que ele carrega consigo se manifestem e materializem na vida delas.

Ekeko Fumando


Se acredita que Ekeko seria a transformação de uma divindade muito mais antiga, chamado de Tanupa esse que era conhecido como Ekhako também, se teoriza que ele era relacionado com prosperidade e fertilidade na época do império Inca, mas pouco se sabe sobre essa divindade, até se tentou no período da colonização converter a deidade ao cristianismo, fazendo um sincretismo forçado com São Bartolomeu ou São Tomás, e também surgiram contos com viés cristão, porém, a história não vingou e muito do que era verdadeiro se perdeu. Arqueólogos encontraram alguns ídolos de barro, basalto e até ouro, é entendido que Tanupa seria uma divindade relacionada antes de tudo com a fertilidade devido ao formato fálico dos ídolos que retratam ele.

La illa del Ekeko

Na imagem acima, um ídolo de Tanupa datado com 2 mil anos, com uma história muito interessante: Em 1858 o naturalista e explorador suíço Johann Jakob von Tschudi foi para Tiwanaku, lá avistou o ídolo e tentou comprar o mesmo dos moradores da região (ou quem escavou o mesmo em um sítio arqueológico segundo outras versões), porém, os mesmos ficaram ofendidos com a proposta, mas Johann tornou os donos da peça mais flexíveis na negociação usando uma garrafa de conhaque, inicialmente as negociações não foram para frente por causa do preço, mas quando estavam totalmente embriagados os donos do item fecharam o negócio, quando perceberam o que fizeram e tentaram desfazer o negócio e perseguiram Johann, mas estavam bêbados demais e não conseguiram alcançar o mesmo que estava com um cavalo, e ele levou o ídolo para a Suíça, após a morte de Johann, seu neto vendeu o ídolo para o museu de Berna.

Apenas em 2012 a embaixadora da Bolívia viu a peça no museu e conseguiu após muita negociação conseguiu que ela fosse devolvida em 2015, e quando retornou foi carregado pelas ruas de La Paz até chegar na festa de Alasitas, atualmente o item é chamado de "La illa del Ekeko", Illa seria uma palavra para ídolo mágico.

O jesuíta italiano Ludovico Bertonio (1552 - 1625) em seu livro que é como um dicionário do idioma aimará, "Vocabulario de la lengua aymara" faz uma citação sobre Ekeko, porém com um nome diferente Ecaco.

Tradução:

Ecaco/Thunnupa: Nome de alguém da qual os índios antigos contam muitas fábulas: E muitos ainda nesse tempo as têm como verdadeiras: E assim seria bom procurar desfazer essa superstição que possuem por embuste do Demônio.  

A igreja católica de muitas formas tentou acabar com o culto ao Ekeko, porém, sem sucesso, com o tempo para fugir da perseguição, a imagem de Ekeko foi se transformando aos poucos na imagem moderna de hoje e provavelmente vai existir por muito tempo.

domingo, 9 de abril de 2017

Caso Bruno Borges - "Alquimista" do Acre

Devido ao caso do rapaz que após desaparecer teve um vídeo "vazado" mostrando seu quarto onde apareceram as paredes todas cheias de escritas estranhas, símbolos e uma estátua grande, muita gente acabou caindo de paraquedas no blog por causa do artigo sobre o anime Fullmetal Alchemist.

Eu pessoalmente achei bem misterioso o caso, mas por causa do sumiço do rapaz e devido a situação difícil da família eu preferi não fazer nenhum texto para não contribuir com o sensacionalismo. Mas eu fui conversando com algumas pessoas e logo algumas ideias e teorias foram surgindo. Conforme as entrevistas, reparei que a família tinha mais interesse em chamar a atenção do rapaz para que voltasse do que outra coisa e que no meio de tanta publicidade pro rapaz voltar, não faria mal eu escrever um texto.

Estátua Giordano Bruno


O que eu esperava que fosse uma oportunidade pro povão difamar quem estuda ocultismo e afins, e um prato cheio para evangélicos e católicos que chamam tudo que eles não entendem ou pensam ser satanismo de "Ocultismo", acabou tomando um caminho que a maioria jamais ia acreditar, partindo do próprio site G1 do Acre que acabou promovendo o rapaz que fugiu de casa como uma pessoa super dotada devido a criptografia dos livros que o mesmo deixou, que segundo o pai teve 4 anos para escrever, e no último ano, nas palavras da mãe: "Ele me pediu um ano sem trabalhar para terminar e eu, orientada por um médico, deixei."

Não existe nada de misterioso na criptografia, a única dificuldade é que poucas coisas estão públicas e quando aparecem estão em má qualidade, não é nada que precisaria do Robert Langdon para ser resolvido, o problema ia ser mesmo é se por exemplo, ele usasse um símbolo apenas para CH, outro símbolo apenas para SS, dois símbolos para letra A, a coisa toda fosse escrita sem espaço e tivesse que ser lido da direita para esquerda.

Sobre alguns dos símbolos no quarto, mais especificamente os em volta e sob a estátua, existem duas teorias e uma certeza:

A primeira teoria é que ele usou os símbolos da "maneira dele". Quando você escreve Alquimia no Google Imagens uma das primeiras imagens é a do Círculo de Transmutação Humana do Anime Fullmetal Alchemist, e diversas versões do símbolo aparecem enquanto você vai descendo a página, na verdade ele é o símbolo que mais aparece. Eu sei que o algoritmo do Google muda constantemente, mas eu me recordo de já ter procurado imagens com esse termo e vi a mesma imagem repetidas vezes. Logo um leigo, alguém que não perdeu uma hora pesquisando sobre alquimia, vai pensar que aquele símbolo representa a Alquimia e por isso colocou lá, talvez pra ele, signifique "alquimia" ou algo assim. Teve gente falando que o símbolo é uma variação de símbolos encontrados no Ars Memoriae do Giordano Bruno, porém, é só forçação de barra, não tem nada parecido lá, então basicamente ele deve ter pego o símbolo no Google pois achou que era uma imagem que sintetizava a alquimia ou algo assim, ou até mesmo por ser mais simples de desenhar. Não adianta falar que ele "bebeu da mesma fonte" da autora do mangá, não tem nada disso, ele copiou do Google Imagens mesmo, e esse símbolo é exclusivo do anime, qualquer um que estuda um pouco do assunto não vai usar anime como referência.


Uma entrevista explica os símbolos do Reiki, falando que sua mãe era iniciada no método de cura energética e ele também, ainda assim é estranho utilizar os símbolos dessa forma, ainda mais em volta da estátua.


A segunda teoria é mais simples, ele apenas pesquisou símbolos na internet e simplesmente deixou lá para impressionar quem entrasse, especialmente seus pais, pois fica claro que a não aceitação deles foi o que gerou todos esses eventos.

E a única certeza é que ele não possui conhecimento profundo desses símbolos e provavelmente nem de simbologia, o que não tira o direito dele de colocar o que ele quiser no quarto, já que um símbolo pode ter um significado pessoal para ele e assim ele montou as coisas da forma dele, logo ele pode ter atribuído em valor ao símbolo e colocado os símbolos do Reiki para energizar o círculo.

Sobre os símbolos na parede, a maioria das formas geométricas desenhadas servem para dar sustento ao que ele escreve, da mesma forma que usamos diagramas, esses desenhos são feitos para explicar as teorias. Embora encontremos uns e outros símbolos aparentemente fora de contexto que são apenas desenhos geométricos que o povo new age atribuí significados esquisitos, tipo o "Cubo de Metraton", que de certo ele viu um significado que batia com algo que ele gostou ou atribuiu um significado e colou na parede.



O que sustenta as coisas que foram ditas até agora são as próprias traduções, que ao menos até agora, não apresentam nada que remeta aos símbolos, alquimia, ocultismo, cabala e nem hermetismo, ao menos por hora! O que foi traduzido até agora tem cunho filosófico e só.
Atualização: O primeiro livro já foi lançado e não fala nada sobre os assuntos comentados.

Mas será que Bruno Borges é mesmo reencarnação do Giordano Bruno, se ele é e sabe que tem que concluir sua obra, ele deveria ter as habilidades da sua vida passada não é?

Vamos comparar?
  • Giordano Bruno era conhecido por sua memória, decorava livros inteiros com grande facilidade, Bruno Borges não, se ele tivesse essa capacidade a família já teria dito e quem sabe ele por segurança teria todos os livros na sua mente, não precisando codificar os mesmos.
  • Giordano Bruno possuía conhecimento de ocultismo, magia, hermetismo, astronomia e alquimia, Bruno Borges não.
  • Giordano Bruno sabia ler no mínimo hebraico e latim, Bruno Borges não.
  • Giordano Bruno estudava filosofia desde seus 15 aproximadamente, os pais de Bruno Borges deixaram claro numa das diversas entrevistas que ele só se interessou por filosofia faz 3 anos.
E claro, para os desavisados de plantão, sua vida passada não define sua aparência! O que define é um negócio chamado genética!
E cuidado com as "coincidências" das datas, algumas pessoas andaram vandalizando a página da Wikipédia do Giordano Bruno mudando a data de nascimento, data de morte, idade de morte e quantidade de obras, tudo pra se encaixar com a vida do Bruno Borges e o pessoal é claro caiu que nem pato.

O objetivo do texto não é desmerecer o Bruno Borges, afinal tudo que foi comentado aqui é resposta aos boatos, e acredito que os livros dele vão falar por si só e desmentir boa parte dos boatos que estão sendo lançados por aí.

O texto será atualizado conforme novas imagens forem disponibilizadas.