Cabeçalho 2

sábado, 28 de dezembro de 2013

Feliz 2014

Caramba, as coisas passam rápido, logo vai ser o 4º ano que o TSMeO existe no plano virtual, levando em conta o tanto de "magos fodas" que não conseguem manter um blog por 3 meses eu fico feliz por ver esse aqui persistir tanto.

Nesse último ano eu me tornei mais orgulhoso do meu trabalho aqui, foi um ano muito bom e entendi o sentido da vida....do blog, é para ajudar as pessoas mesmo, o motivo principal é esse e eu nem sabia até pouco tempo, só parando e olhado para trás que eu vi que foi enorme o número de agradecimentos das mais diversas formas. Essa coisa de ajudar as pessoas não tem nenhum sentido de bondade e frescuras não, é algo bem experimental, ver os resultados de como uma página de internet pode transmitir informações sobre ocultismo para outras pessoas em diversas partes do mundo é bem interessante, tem a ver com Causar Mudanças!

Alguns dos outros motivos foram que com isso eu aprendi bem mais, trazer o que nos sabemos para Malkuth é algo muito bom, a escrita é mágica por esses motivos, dessa forma nós vemos a coisa de uma forma mais concreta e ainda pescamos junto algumas ideias do plano astral ou mental.

Eu realmente sei que existem coisas para serem melhoradas aqui, eu percebi que a forma que eu levei o blog, acabou fazendo ele mais parecer uma enciclopédia onde a pessoa pega e lê do que algo que acabe por aparentar que existe um ser humano que escreve também, moral da história, não existe muita interação minha com as pessoas que leem, isso é um pouco chato, ao mesmo tempo não ser muito conhecido é algo relativamente bom. Apesar disso, depois de uma conversa com alguém muito importante vi que não era essa a forma de tocar as coisas e pretendo aos poucos mudar isso.

2013 foi o ano de Saturno, então foi um ano da colheita de tudo que foi plantado, eu melhorei muito como ocultista, e vai ser uma época que vou lembrar para sempre, por causa disso, o blog ficou meio abandonado, os textos continuaram, mas minha atenção não estava tão voltada para ele como antes, e também não sei como as coisas vão ser em 2014, mas ao que tudo indica vai ser ótimo para projetos em diversos aspectos

Então é isso pessoal, essa foi apenas uma leve retrospectiva, que no final eu acredito que foi mais que uma reflexão minha sobre o ano. Os trabalhos vão continuar e desejo a todos um ótimo fim de ano e um excelente 2014 para todos vocês!

sábado, 21 de dezembro de 2013

Krampus

Krampus é um ser folclórico germânico, segundo a lenda ele viria junto com São Nicolau (Papai Noel) para punir as crianças levadas, é conhecido e lembrado em comunidades dessa cultura até hoje.

Ele seria um ser monstruoso, retratado com chifres de bode, uma língua grande, dentes afiados, cauda, uma perna é uma pata de bode e a outra um pé quase normal, levava com ele correntes e em algumas lendas também levava um saco ou cesta de lavagem de roupas, mas em contraparte com São Nicolau isso era usado para levar objetos para castigar as crianças ou outras vezes para leva-las para seu covil, apesar disso, aparentemente ele é retratado como um companheiro de São Nicolau.



Até hoje é comum as pessoas se vestirem de Krampus para assustar outras pessoas, uma prática que para a igreja seria como "se vestir de diabo", mas que estranhamente não foi erradicada por ela, embora até hoje grupos cristãos tentam acabar com as celebrações feitas pelas pessoas.

Com o tempo a popularidade de Krampus diminuiu, a ponto de não ser lembrado com mais frequência, porém atualmente ele acabou voltando com mais força como uma da figura natalina com direito a bonecos, chocolates e outros objetos, se tornando uma figura alternativa e "pop" da época natalina em diversos países.






Krampus apesar de tudo é um grande exemplo de como mitos se transformam com o decorrer do tempo, é um versão do deus Cernudo ou Cernunnos, divindade muito antiga que pouco sabe sobre e que a partir da época pré-cristã se transformou em monstro que pune crianças malvadas, como forma de convencê-las a serem obedientes.

Feliz Natal e Boas Festas para todos!

sábado, 14 de dezembro de 2013

Enciclopédia de Mitologia

A Enciclopédia de Mitologia é uma obra brasileira e resultado de um grande estudo feito por Marcelo Del Debbio, figura muito conhecida atualmente quando se fala de mitologia e também de ocultismo, dono de um dos sites mais acessados do mundo no assunto, o TdC.


Enciclopédia de Mitologia



A enciclopédia não fala apenas das divindades das diversas mitologias do planeta como também de objetos e locais que são importantes nessas mitologias, possui 640 páginas, 7.159 verbetes e 994 ilustrações. A enciclopédia é muito bem feita e bem diagramada, o que facilita a leitura, pode ser usada tanto para ser lido como para consultada para pesquisas, ou seja não é só um livro, mas também uma ótima ferramenta de estudo e pesquisa.

Um fato muito interessante sobre a Enciclopédia de Mitologia é que foi por meio da pesquisa dela que o autor conheceu e se interessou pela Kabbalah, assunto da qual Marcelo Del Debbio é uma das pessoas mais respeitadas do país, isso é uma grande dica, o conhecimento da mitologia das diversas culturas facilita muito o entendimento do assunto, que algumas vezes pode parecer complexo, eu mesmo entendi melhor a Kabbalah após estudar um pouco de mitologia.


"Enquanto eu fazia essa pesquisa que demorou mais ou menos 10 anos, eu fui reunindo informações, cada religião tem o "deus da guerra", "deusa da beleza", "deus da saúde", e comecei a compilar essas qualidades e características desses deuses e estava montando um diagrama meu, ai um dia na loja maçônica encontrei um rabino e ele olhou o diagrama e disse: Vai estudar Kabbalah."


O estudo da mitologia também é muito indicado para o ocultismo, dessa forma podemos entender como cada cultura via suas divindades, que na realidade são reflexos de partes das próprias pessoas.
Muitas das histórias da mitologia são contos iniciáticos, onde de certa forma o herói nada mais é que que uma correlação com o iniciado.

Se você quiser pode ver a qualidade do material, com uma amostra das 10 primeiras páginas, basta clicar aqui.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Tyr e Tiwaz

Tyr é um dos deuses da mitologia nórdica, é um deus que representa coisas como a guerra, coragem, heroísmo e justiça.

É contado que os Æsir tentavam de toda forma prender Fenrir, um lobo gigante filho de Loki, mas qualquer coisa que era usada para prender ele era destruída.
Os Æsir resolveram pedir ajuda aos anões, criadores de invenções maravilhosas, e esses fizeram para eles uma fita mágica que parecia ser comum, porém era indestrutível, os Æsir tentaram convencer Fenrir de que aquela era uma fita comum, porém desconfiado ele disse que só usaria se algum deles colocasse a mão dentro de sua boca como forma de garantia, e Tyr sábio e corajoso se ofereceu para isso, e quando Fenrir descobriu que era tudo um truque arrancou sua mão.

Tyr e Fenrir

Esse é um dos contos de Tyr, considerado um guerreiro forte, sábio e corajoso, além de um deus da guerra e justiça. É retrato como um homem de cabelos longos, sem a mão direita e segurando uma lança.


Tiwaz
Tiwaz é a runa de Tyr, ela representa a lança ou espada, a ferramenta do guerreiro e instrumento da justiça, também é dito que ela significa o guerreiro em si.

Quando se vai ler runas como oráculo, Tiwaz pode significar algum sacrifício pessoal para algo bom acontecer, a runa em si também pode ser usada quando se necessitar de coragem, forma, entusiasmo, para ter força para passar por algum momento difícil e para sucesso que precisa de algum sacrifício pessoal, como é a runa dos guerreiros, era usada em armas e escudos.

Também se pode usar a runa quando se necessita de justiça em alguma coisa que está ocorrendo, a runa vai agir trazendo a justiça independente de qual lado que use a runa, logo se a pessoa usar a runa e estiver errada, ela que vai sofrer os efeitos da runa.

domingo, 1 de dezembro de 2013

Remoção de Chacras

Já faz algum tempo que li sobre a remoção de chacras em alguns grupos de ocultismo mas isso acabou passando batido pois cada dia aparecem novas "terapias" pelo mundo e que servem para os mais diversos fins e que enchem os bolsos das pessoas que as divulgam e depois de alguns anos aparecem pessoas com esses métodos no Brasil, mas como os comentários sobre isso e ainda mais o assunto vindo parar aqui resolvi dar o meu parecer e mostrar outros pontos sobre essa terapia.

Nos estudos de Laura Lee Mistycah, acredito que norte americana e criadora do dito "método" que retira os chacras, vemos que ela fala um pouco sobre os chacras, no entanto muitos detalhes passam batidos, ela não cita ou quem sabe não percebe ou descobriu que os chacras antes de mais nada servem para alimentar determinadas glândulas no corpo físico. Outra coisa também passa despercebida quando ela cita que os chacras são usados como veículo para vampirização, porém isso não é inerente ao chacra, geralmente a vampirização pelo chacra se dá pelo fato de que é a parte do corpo espiritual onde vai haver mais energia, não ter chacras na teoria não impossibilitaria a vampirização, pois ainda existiria energia no corpo, apenas dificultaria.

Também existe algo que deve ser dito antes de mais nada, se você sofre de obsessão espiritual, grande parcela da culpa é sua, não existe isso de coitadinho, o espírito só consegue se aproximar se a pessoa está na mesma vibração, obviamente isso não quer dizer que necessariamente a pessoa ou o espírito desencarnados são ruins.

Ainda segundo ela os chacras são apenas implantes que são usados para limitar os seres humanos e originalmente temos apenas um centro de energia no plexo solar, que alimenta o corpo todo, estilo o Homem de Ferro.



Mas existe o maior detalhe de todos, se os chacras são impostos para limitar os humanos, logo, qualquer um que retirasse os chacras iriam ter: mediunidade, clarividência, intuição muito elevada, sensibilidade energética, clariaudiência, vidência, saúde perfeita e por ai vai, tudo isso são capacidades latentes das pessoas que tem certos chacras muito desenvolvidos podem ter, e que na teoria, a pessoa sem chacras iam ter elas destravadas.

Mas ao contrário do que parece, a tal maravilhosa remoção de chacras, segundo relatos das pessoas que fizeram (relatos que podem ter sido inventados) elas sentem apenas o que pode-se resumir em "bem-estar", muito pouco para 580 reais!

E pra piorar a situação pode ser que você tenha pesadelos, é um dos sintomas indicados, pode ser que depois da terapia você esteja sendo vampirizado de verdade!