Cabeçalho 2

domingo, 23 de março de 2014

PsyBall

Eu conheci o exercício de Psyball (bola psíquica) quando eu estava começando meus estudos no ocultismo, é um dos exercícios mais simples e tem como objetivo fazer a pessoa dominar um pouco das energias do corpo para que mais para frente ela consiga trabalhar a energia de todo o corpo de forma que a possa exteriorizar a energia para realizar uma cura onde se vai transferir energia para quem precisa por exemplo.

Para fazer o exercício é indicado fazer algum tipo de prática de respiração antes, por exemplo respirar fundo e prender o ar por alguns segundos e depois soltar o ar lentamente, repetindo pelo menos 7 vezes o procedimento.

Após isso deve se unir as pontas dos dedos das duas mãos de forma que pareça que você está segurando uma esfera invisível. Você já fez a respiração, porém agora você vai repetir o procedimento, mas de forma mais leve, vai puxar o ar e cada vez que soltar vai visualizar energia passando pelos braços indo direto para as mãos e formando uma esfera de energia.

Você pode fazer sua visualização baseada na imagem acima, mas nada impede de você fazer de outra  forma que acha melhor.

Não adianta muito eu falar das sensações que você pode sentir pois cada pessoa pode sentir uma coisa diferente, pode ser: calor, frio, formigamento sensação de expansão da aura ou até mesmo nada.

Eu indico fazer o exercício uma vez por dia, por 5 até 15 minutos, além de aprender a controlar um pouco de energia, trabalha a concentração.

12 comentários :

  1. Ah sim! esse experimento, descobri sobre ele com 13 anos(atualmente tenho 16) sempre tentei faze-los achando que ia ser igual no Naruto(bem, eu sabia que não ia ser igual, mas acabei interligando as duas coisas) pu um ryu da vida, mas ja tinha conciência de que é impossivel fazer algo tão exagerado, no maximo faria um pouco de ar quente ou gerar uma energia cinética minima. Tambem foi o primeiro experimento que conheci :')

    ResponderExcluir
  2. Tem uma cena do anime do Street Fighter, com o Ryu fazendo isso na praia `a noite, sendo um "pré-hadouken". Muito bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=bCQ3_8qaOwQ

      Excluir
  3. O que aconteceu com a aparência do blog? Era tão legal. Agora tá estranha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu também curtia a aparência antiga, mas o escuro atrapalhava muita gente de ler e as reclamações cresciam. Quando eu tiver tempo vou ainda arrumar melhor isso, ou quem sabe pagar um webdesigner mas por hora me falta tempo.

      Abs

      Excluir
  4. Bacana o post, hein Yuri.

    Minhas experiências com a PsyBall foram um pouco diferentes, já que utilizava-a enquanto praticava Tai Chi Chuan. É uma experiência muito interessante, principalmente ao colocar a "energia em movimento".

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal! Não sabia que tinha isso no Tai Chi Chuan!

      Abs!

      Excluir
    2. Não somente no Tai Chi, como na arte marcial em geral. No kung fu (maioria dos estilos incluindo o Tai Chi), onde a energia é chamada de chi e nas artes japonesas de ki. Eu conseguia manifestar essa energia mas não em forma de bola. E o curioso era que ficava mais forte quando eu tinha uma exaustão física maior(acho que pela respiração mais intensa e uma introspecção maior). Se você não conhece, indico procurar os termos acima. Podem contribuir bastante, assim como você contribuiu conosco.

      Excluir
    3. Valeu Gui, embora eu não tenha muita experiência no assunto e ele ser mais prático que teórico vou ver o que posso aprender.
      Obrigado pela contribuição!
      Abraços!

      Excluir
    4. Outra coisa legal pra procurar é o chamado chi kung. Trata-se de uma técnica marcial para domínio de energia. É possível encontrar demonstrações no you tube por praticantes ou monges Shaolin. Dizem que a técnica pode causar hemorragias internas com os golpes. Não cheguei tão longe assim nos estudos. Mas como você disse é um experimento bem prático e se assemelha muito ao psi ball.

      Eu que te agradeço. Abraço

      Excluir

Olá! Obrigado por fazer seu comentário!
Saiba que todos os comentários são responsabilidade e opinião dos seus autores e não do site.
Por favor evite ao máximo colocar links de outros sites a não ser que seja necessário, também não faça propagandas do seu site ou blog aqui.