Cabeçalho 2

sábado, 18 de janeiro de 2014

Aegishjalmur, Vegvísir e Veiðistafur


 Ler em Português      Read in English

Aegishjalmur ou Ægishjálmur ou Helm of Awe é um símbolo que embora não muito conhecido aparece constantemente quando se fala da cultura Nórdica e Asatru, possui vários outros nomes: símbolo do terror, símbolo de proteção, elmo do terror, etc. 

Aegishjalmur

O Helm of Awe é citado em algumas sagas de luta onde se fala de suas propriedades de proteção, causar terror nos inimigos e também confusão. O símbolo era pintado entre as sobrancelhas, curiosamente local do chacra frontal.

Ao contrário do que é muito contado, Helm of Awe não era só usado como proteção, era um símbolo próprio para batalhas, os efeitos comentados nos antigos escritos eram diversos, alguns relatos como uma espécie de hipnose nos inimigos, causando ilusões, alucinações e terror nos inimigos. Também traria coragem e junto dela invencibilidade.

Imagem do livro Galdrabók

Segundo alguns testes feitos por mim e outras pessoas, visualizar o símbolo entre as sobrancelhas (chacra frontal) ajuda na abertura do mesmo, embora o simples fato de se concentrar na região já ajude a senti-lo, então não se sabe exatamente o quanto o símbolo ajuda, ou se o responsável por isso é a visualização.

O efeito dura enquanto a visualização estiver ativa, curiosamente, quando os guerreiros faziam a pintura, deviam dizer: "Eu porto Aegishjalmur entre as minhas sobrancelhas!" uma força de reforçar e lembrar que o símbolo está lá.

O símbolo é atualmente muito visto tatuado em alguns pessoas, mas duas grandes irônias acompanham o caso:

1) O símbolo nunca é tatuado na testa;

2) O símbolo é muito confundido com Vegvísir símbolo semelhante, mas utilizado para não se perder em névoas e mal tempo e Veiðistafur para sorte na pesca.


27 comentários :

  1. Yuri..
    Você já praticou alguma magia/feitiço e deu certo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas nada de Harry Potter...

      Excluir
    2. E teve coisa que não deu certo também :P

      Excluir
    3. Como faco para recrber notificação do seu blogge para acompanhar? Achei seu trabalho fenomenal, minha mae que participa de algumas reunioes sobre o assunto confirmou seus textos fiquei muito encantado por isso gostaria de me informar mais sobre o assunto... por favor como seguir vc? Se tiver face ou qualquer rede social pf me passe.... obg

      Excluir
    4. Aqui na barra da esquerda, tem "Seguir por E-mail", basta colocar o e-mail lá que você recebe os artigos, mas normalmente eu publico texto de sábado para domingo.

      Aqui o link para o Facebook: http://goo.gl/kiEY1f

      Sua mãe participa de reuniões onde?

      Abs

      Excluir
  2. Gostei muito da explicação. Estou à procura da história/significado, amplo de preferência, do Svefnthorn, poderia me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, eu nunca achei nada muito completo sobre o símbolo, só fragmentos parecidos. Sinto muito.

      Abs

      Excluir
    2. Jéssica se você ler inglês, estes links irão lhe ajudar muito, o primeiro são trabalhos acadêmicos do autor do blog (segundo link) caso não queira nada muito aprofundado recomento ler o blog, já é um artigo muito completo e com vários embasamentos cientifico-teóricos e históricos, sendo os artigos dele postados no blog que na verdade são traduções de antigos manuscritos onde o autor identificou o Vegvísir original.. Recomendo a leitura.
      https://independent.academia.edu/FosterJustin/Papers

      http://users.on.net/~starbase/galdrastafir/galdrastafir.htm

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Lógico que não vão tattooar na testa, na sociedade onde vivemos hoje em dia ficará muito difícil da pessoa conseguir emprego

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, mas continua errado.

      Excluir
    2. Acredito que quem tatua isso procura algo bonitinho e não uma proteção nórdica mistica...

      Excluir
    3. "Bonitinho" foi de lascar hehehehe.

      Excluir
  5. Mas tatuar esse símbolo tras algo de ruim?

    ResponderExcluir
  6. Olá Yuri, vc pode compartilhar as suas fontes sobre o Vegvisir e, se vc tiver, também sobre o Ottastafur?

    Agradeço
    Bárbara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Você pode procurar um livro em inglês que chama Galdrabok, ele vai ter essas informações. Eu tinha mais algum material e até páginas escaneadas em Islandês antigo que baixei não lembro onde e pretendia um dia tentar traduzir, mas perdi por causa de formatação, mas o livro já pode responder suas questões.

      Abraços

      Excluir
    2. Legal... Brigadão... (Inglês eu enfrento, mas, não se preocupe com o islandês antigo, por enquanto eu passo.

      Excluir
  7. Olá Yuri. Você conhece sobre a linguagem rúnica? QUero fazer uma tatoo com uma frase em rúnico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei não, desculpa. Mas joga no Google "futhark memrise", existe um curso lá, só que é em inglês.

      Abs

      Excluir
  8. Muito bom man. Curti mt a explicação e o Blog..
    Seguindo ;)
    Sou novato nos assuntos.
    Mas saberia me dizer, algo sobre escrita ou alfabeto, seria correto o Irlandês antigo, ou escandinavo. na vdd nem sei se tem alguma diferença;
    Pois procurando na net acho muitos modelos diferentes. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Acredito que os nomes dos símbolos estão escritos em Islandês, mas posso estar errado.

      Abs

      Excluir
  9. Ola, a runa nórdica chamada de bússola dos vikings tem relação com Exu

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por fazer seu comentário!
Saiba que todos os comentários são responsabilidade e opinião dos seus autores e não do site.
Por favor evite ao máximo colocar links de outros sites a não ser que seja necessário, também não faça propagandas do seu site ou blog aqui.