Cabeçalho 2

sábado, 23 de março de 2013

No princípio era o Verbo

A palavra Verbo vem do latim Verbum que significa "palavra", geralmente usamos o termo não só para falar de gramática mas também para se referir ao ato de falar.

O ato de falar é mágico e dele pode-se criar várias coisas, a cultura popular diz que deve se ter cuidado com o que se fala e na maior parte dos contos as maldições lançadas eram faladas assim com as bençãos.

Na bíblia se fala sobre o ato de falar e mostra a importância que era dado a ele.

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Tudo foi feito por ele; e nada do que tem sido feito, foi feito sem ele. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. (João 1:1-4)


Deus disse: "Faça-se a luz!" E a luz foi feita. (Gênesis 1, 3)

Por isso que para os antigos o ato de falar era tão sério, ai um dos motivos do mandamento de que não se devia "Falar o nome do Senhor em vão", se a divindade tinha tanto poder, seu nome também teria, por isso não deveria ser dito á toa, isso foi discutido na postagem sobre o י ה ו ה.

Mas a parte bíblica é só para você ter uma ideia de como os antigos viam o assunto.

A região responsável pela fala fica na garganta, são as pregas vocais, elas vibram quando o ar passa por elas e produzem o som, de certa forma é uma energia produzida pelo cérebro, já que ele envia uma mensagem para os nervos e que chegam até as cordas vocais.
É limitar dizer que é apenas "fala" que é produzida, é bem mais que isso, é som, é uma onda e é energia, é um pensamento que foi materializado em forma de som.


Por isso de gritos de guerra, dessa forma se liberava uma energia que poderia ser usada durante uma batalha. Por meio da fala pode se fazer sugestões e dependendo do caso até induzir a pessoa, essa é a famosa Hipnose, isso pode ser feito consigo mesmo que é a auto-hipnose.

O chakra responsável por essa região é o Vishuda, conhecido também como chakra laríngeo, um centro de energia que libera energia quando falamos, então deixo a dica, cuidado com o que falamos!


Um comentário:

  1. Eu sou o que sou, eu serei o que serei, KETHER!!!

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por fazer seu comentário!
Saiba que todos os comentários são responsabilidade e opinião dos seus autores e não do site.
Por favor evite ao máximo colocar links de outros sites a não ser que seja necessário, também não faça propagandas do seu site ou blog aqui.